New Document

Galeria Musical

Resenha de DVD

    INSULAR AO VIVOHUMBERTO GESSINGER
    2014
    Por Anderson Nascimento

    opinião dos leitores: 4.33 de um total de 3 votos








    Após o lançamento de “Insular”, seu primeiro álbum solo, Humberto Gessinger levou Brasil afora suas novas composições e antigos clássicos de suas outras encarnações, com ênfase, obviamente, no cancioneiro dos Engenheiros do Hawaii.

    Parte do show que Humberto mostrou para os fãs brasileiros está nesse combo CD/DVD lançado pela gravadora Coqueiro Verde, que foi sucesso de venda – chegando a esgotar várias vezes nas lojas – no fim do ano passado.

    O DVD é dividido entre o show realizado no Chevrolet Hall em Belo Horizonte (MG) no dia 30 de maio de 2014, e o set acústico gravado pelo Canal Brasil na Vinícola Casa Valduga em Bento Gonçalves (RS) nos dias 11 e 12 de maio. Quem é fã dos Engenheiros vai reconhecer o formato deste DVD – que também agrega uma espécie de clipe na canção “Sua Graça” – que lembra o célebre vídeo “Filmes de Guerra, Canções de Amor” (1993).

    Ao longo da apresentação em Belo Horizonte vemos Humberto ostentar a sua incrível popularidade, mesmo não usando o nome dos Engenheiros, o que fica evidente quando o público é filmado cantando cada palavra das canções, inclusive nas mais recentes de Humberto.

    Fãs mais antigos ficarão ainda sensibilizados com o formato trio, que remete à fase chamada pelos fãs de “GLM”, melhor momento da história dos Engenheiros do Hawaii, principalmente em canções como “Ando Só”, que irresistivelmente lembra a gravação feita no álbum “Várias Variáves” (1991). Já “Ilex Paraguaienses” ganha uma versão bastante diferentes das que costumamos ouvir em gravações anteriores, tornando-se aqui uma espécie de Bossa-Rock, se é que existe esse termo.

    Além de reler duas canções do esquecido repertório do álbum “Minuano” (1997), “Deserto Freezer” e “Nuvem”, o disco ainda emenda “De Fé”, faixa lançada no projeto “Humberto Gessinger Trio” (1996).

    O set gravado em Bento Gonçalves encravado na metade do DVD é também de grande beleza. Envolto à bonita paisagem, Humberto narra alguns momentos importantes sobre as faixas e músicos participantes. Esse set acústico traz, além de Humberto Gessinger, Rafael Bisogno na percussão e Paulinho Goulart no acordeon e violão. As participações especiais ficam por conta de Duca Leindecker (que esteve no Pouca Vogal com Humberto), Bebeto Alves (em “Milonga Orientao”), Luiz Carlos Borges (ótimo em “Deserto Freezer”) e Gláucio Ayala, que foi baterista dos Engenheiros do Hawaii entre 2001 e 2008, e também dirige o DVD.

    O trio formado por Humberto, Rafael Bisogno e Esteban Tavares (que também divide alguns vocais com Humberto) também se mostra muito entrosado e consegue fazer bastante barulho mesmo com a formação instrumental que traz basicamente a bateria de Rafael, a guitarra (ou violão) de Esteban e Humberto, desfilando quase uma dúzia de instrumentos diferentes.

    Uma pena que “Tudo Está Parado”, single do disco que gerou a turnê e o DVD, apareça apenas nos créditos do filme e ainda em versão estúdio. Quem foi a algum show da turnê sentirá muita falta da faixa, já que ela sempre representou um momento alto nos shows do Humberto. A versão em CD também não traz a faixa.

    Prestes a completar trinta anos de carreira discográfica, Humberto certamente deu um presente aos seus reconhecidos e fiéis fãs, relendo canções de todas as suas fases, ou seja, Engenheiros do Hawaii, Humberto Gessinger Trio, Pouca Vocal e, obviamente, de sua recente carreira solo.




    Resenha publicada em 07/01/2015





    Esta resenha foi lida 1896 vezes.

Classifique o álbum!



BUSCA POR ARTISTAS

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

BUSCA INTERNA

ANUNCIANTES



outras resenhas do mesmo artista


CDs