New Document

Galeria Musical

Resenha de DVD

    AO VIVO NO CINE THEATRO BRASILSAMUEL ROSA & LÔ BORGES
    2016
    Por Valdir Junior

    opinião dos leitores: 4.00 de um total de 1 votos








    Depois de dezessete anos de parceria em composições, shows e participações em discos um do outro, os mineiros Samuel Rosa e Lô Borges, lançam agora o DVD/CD “Ao Vivo No Cine Theatro Brasil" registrando esse momento na carreira dos dois e também mostrando que muito mais que a celebração de uma amizade/parceria, o DVD, é o resumo do que melhor foi feito por dois ótimos compositores, que encontraram mais semelhanças do que diferenças entre suas gerações e colocaram isso em sua música.

    O show gravado em Agosto de 2015 mistura músicas de Lô, principalmente os clássicos do disco “Clube da Esquina” e músicas do Skank que dialogam diretamente com esse estilo mais melodioso, pop e cheio de influência Beatle, que Lô, Beto Guedes e Milton Nascimento trouxeram nos anos 70, e que ficaram um pouco de lado entre os anos 80 e inicio dos 90. Estilo esse que o Skank desde a música “Resposta” de 1998 veio percorrendo em álbuns seminais e cheios de uma efervescência pop com na trinca de discos “Maquinarama”, “Cosmotron” e “Carrossel”.

    No show Lô e Samuel dividem os vocais e se revezam nas guitarras e violões, acompanhados por uma ótima banda, onde se destacam o piano e teclados de Telo Borges, irmão de Lô, e a guitarra de Doca Rolim, músico que já há alguns anos toca com o Skank nos shows. Com um set list de sucessos, Lô e Samuel entregam performances vibrantes, cheias de emoção e corretas que agradam, mas como um todo sente-se a falta de um público menos contido, participando mais, cantando junto músicas como “Feira Moderna”, “Trem de Doido”, “Te Ver”, “Três lados”, “Equatorial” e “Paisagem na Janela” e outros sucessos, essa participação do público com certeza deixaria o resultado final mais épico.

    Milton Nascimento e Fernanda Takai são os convidados de honra do show, e elavam com suas interpretações as músicas, “Para Lennon & McCartney” e “A Balada do Amor Inabalável”, respectivamente, a um novo patamar, enchendo de pura poesia e emoção a cada nota cantada e tocada. Como bônus o DVD traz o vídeo duas novas canções gravadas em estúdio, são elas “Lampejo” de Samuel e Nando Reis e “Dupla Chama” de Lô e Chico Amaral, as duas também estão como bônus no CD, mas em termos de apelo ficam bem abaixo se comparadas ao já clássico repertório do show.

    Um mini documentário “BH e a Musica de Samuel & Lô” presente no DVD, traz reminiscências e lembranças de como a capital mineira influenciou musicalmente Samuel e Lô, o documentário deixa um pouco a desejar, poderia ter uma duração maior e um ritmo menos acelerado, mas vale na medida em que traz um pouco de informação e história para aqueles que desconhecem o que foi o “Clube da Esquina”.

    Samuel e Lô estão numa pequena tour de divulgação do DVD, paralela a shows de Lô e do Skank, que continuam na estrada com suas agendas. Por enquanto Lô e Samuel ainda ficam nos devendo um disco inteiro de inéditas da dupla, com certeza não deve faltar material para isso, por hora temos esse bom álbum e DVD ao vivo para ver, rever e se deliciar com um repertório majestoso de bom.

    Resenha publicada em 20/06/2016





    Esta resenha foi lida 1169 vezes.

Classifique o álbum!



BUSCA POR ARTISTAS

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

BUSCA INTERNA

ANUNCIANTES