New Document

Galeria Musical

Resenha de DVD

    QUEM FOI QUE ME FALOU QUE ACABOU O ROCK AND ROLL?CELSO BLUES BOY
    2008
    Por Valdir Junior

    opinião dos leitores: 3.00 de um total de 1 votos








    Falecido em agosto de 2012, Celso Blues Boy foi um dos grandes guitar heros e compositores brasileiro. Dono de um feeling e pegada de guitarra bem marcante, Celso foi um dos primeiros músicos que levantou a bandeira do blues no Brasil cantado em português, mas também ficou muito associado ao Rock. Nos anos oitenta, começou sua carreira solo ao mesmo tempo em que o BRock de bandas como Paralamas, Kid Abelha e Barão Vermelho entre outros, começavam a se projetar nas rádios do país.

    A discografia de Celso é de um primor de qualidade, energia e espontaneidade, tem em seu repertório clássicos boêmios e marginais como “Sempre Brilhará”; “Tempos Difíceis”; “Fumando Na Escuridão”; “Casa Da Luz Vermelha” e o seu hino maior, “Aumenta, Que Isso Aí É Rock and Roll”. Em 2007, Celso voltou ao Circo Voador, palco em que fez grandes apresentações durante toda sua carreira, para gravar o show “Quem Foi Que Me Falou Que Acabou O Rock and Roll, para ser lançado em CD e DVD”.

    Lançado em 2008 em uma tiragem bem pequena que logo sumiu das prateleiras, e relançado no final de 2015 pela Radar Records, o CD/DVD traz Celso entregando um show de primeira, com suas músicas sendo cantadas em coro pelo público presente, e a guitarra eletrizante de Celso conduzindo e destilando altos sons, cheio da malandragem e decibéis. A banda que o acompanha não deixa por menos e segura à onda com muito peso e garra, destaque para o baterista Marcelinho da Costa, quebrando tudo com seus tambores e pratos.

    O Som bem encorpado e nítido faz jus aos grandes discos ao vivo do Rock e do Blues, mas o CD/DVD só falha na fotografia do vídeo, com suas imagens bem escuras, mas que não comprometem o produto final. Indispensável para os fãs do guitarrista e da boa música Celso Blues Boy – “Ao Vivo” - “Quem Foi Que Me Falou Que Acabou O Rock and Roll?” se encaixa com honra dentro do trabalho de Celso, e fica como referência para as próximas gerações da musica e do som dessa grande músico que tão cedo nos deixou.

    Resenha publicada em 27/07/2016





    Esta resenha foi lida 1286 vezes.

Classifique o álbum!



BUSCA POR ARTISTAS

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

BUSCA INTERNA

ANUNCIANTES