Notícias

MORRE BB KING AOS 89 ANOS


Postado em 15/05/2015

MORRE BB KING AOS 89 ANOS title=

O Rei do Blues B.B. King, morreu na madrugada desta sexta-feira (15/05) em Las Vegas, nos Estados Unidos, aos 89 anos de idade, de acordo com o seu advogado. O músico já havia sido hospitalizado após sofrer uma desidratação por causa da diabetes tipo 2 da qual sofria há mais de 20 anos. Ele voltou a ser internado há poucos dias.

BB King já vinha sofrendo com a doença. Em outubro de 2014, o guitarrista precisou abandonar um espetáculo em Chicago, diante de um quadro de desidratação e esgotamento, o que provocou a suspensão do restante da turnê, que ainda tinha 8 shows programados.

Em outubro de 2014, o guitarrista precisou abandonar um espetáculo em Chicago, diante de um quadro de desidratação e esgotamento, o que provocou a suspensão do restante da turnê, que ainda tinha 8 shows programados.

Com 16 prêmios Grammy, mais de 50 discos em quase 60 anos de carreira e músicas que marcaram época, entre os seus sucessos estão “Three oclock blues”, “The thrill is gone”, “When love comes to town”, “Payin the cost to be the boss”, “How blue can you get”, “Everyday I have the blues”, “Why I sing the blues”, “You dont know me”, “Please love me” e “You upset me baby”.

Seu primeiro grande sucesso nacional foi “Three oclock blues”, que estourou nos anos 1950. A partir daí começou a fazer turnês sem parar. Só no ano de 1956 sua banda chegou a fazer 342 apresentações. B.B. King criou um estilo autêntico de guitarra. Em seus solos, ao contrário de outros guitarristas, o Rei do Blues preferia usar poucas notas. Ele dizia que conseguia fazer uma nota valer por mil.

Aos 86 anos, ainda fazia cerca de 100 apresentações por ano. O último show no Brasil ocorreu em 2012, em São Paulo. Antes, se apresentou no Rio de Janeiro e em Curitiba.

Riley B. King, nasceu em 16 de setembro de 1925, no Mississippi, Estados Unidos, se casou duas vezes, primeiro com Martha Lee Denton, com quem viveu entre 1946 e 1952; e, depois com Sue Carol Hall, entre 1958 e 1966. O artista deixa 14 filhos e mais de 50 netos.





Esta nota foi lida 1111 vezes.