Agenda de Shows e Eventos

Jorge Vercillo - SESC Nova Iguaçu, RJ - 11/12/2010


Postado em 06/12/2010

JORGE VERCILLO WIDTH=

Onde: SESC Nova Iguaçu
Endereço: Rua Dom Adriano Hipolito, 10 - Moquetá - Nova Iguaçú - RJ
Quanto: R$ 40,00
Horário: 21:00hs
Informações: (21) 2540-5865 / (21) 3138-1235 [email protected] [email protected]

Jorge Vercillo faz show da turnê “D.N.A.” no Sesc de Nova Iguaçu - Única apresentação, dia 11 de dezembro

Foto: Camilla Maia

No dia 11 de dezembro (sábado), às 21 horas, Jorge Vercillo apresenta o show da turnê “D.N.A.”, na quadra do SESC Nova Iguaçu. Lançado em maio desse ano, o álbum é oitavo disco de estúdio do cantor e compositor e marca a estreia do artista na gravadora Sony Music.

Do repertório inédito, o cantor apresenta o mais novo single, “Arco-Íris”, samba funk latino em parceria com o premiado multi-instrumentista Filó Machado, e a primeira música de trabalho do álbum, “Me transformo em luar” (Jorge Vercillo), que recentemente ganhou uma versão em espanhol, criada pelo cantor e compositor argentino Pedro Aznar. Também de sua autoria, Vercillo selecionou “Há de ser”, que no disco traz a participação especial de Milton Nascimento, além do samba “Verdade oculta”.

Da safra do novo álbum, Jorge Vercillo interpreta o standard jazz “Memória do prazer”. A canção, que tem melodia do compositor, marca a primeira parceria do cantor com sua esposa, Gabriela Vercillo. Ainda do repertório inédito, foram eleitas o samba funk latino “Arco-Íris”, parceria de Vercillo com o premiado multi-instrumentista Filó Machado, e “Caso Perdido”, primeira parceria do compositor com Max Viana.

Para o set list do show também foi escalada “Deve ser”, parceria de Vercillo com Dudu Falcão. A canção, que entrou como faixa bônus no CD “D.N.A.”, embalou o romance do casal Helena (Taís Araújo) e Bruno (Thiago Lacerda) na novela “Viver a vida”, de Manoel Carlos, da TV Globo.

Jorge Vecillo também brinda seus fãs com alguns sucessos de sua carreira, como “Encontro das Águas” (parceria com Jota Maranhão), além de três canções do álbum “Elo” (2002): “Fênix” (parceria com Flávio Venturini), “Que nem maré” e “Homem-Aranha” (ambas de Jorge Vercillo). Esta última ganhou para o show um novo arranjo de rockabilly.

Também da discografia do cantor, foram eleitas “Monalisa” e “Invisível”, de autoria de Vercillo, do disco “Livre” (2003) e “Mandala” (Torcuato Mariano / Jorge Vercillo), do álbum “Signo de Ar” (2005). De seu último disco de estúdio, “Todos Nós Somos “Um” (2007), foram escaladas as canções “Ela une todas as coisas” (parceria com Jota Maranhão), além de “Devaneio” e do samba “Toda espera” (Jorge Vercillo).

Inspirado no conceito multiplicidade, o cenário vai traduzi-lo através de diversas imagens projetadas em três volumetrias de tecido, que se transformam em esculturas vivas, em movimento. Sob a direção de arte de Liana Brazil, o cenário foi criado pela SuperUber (www.superuber.com). Marcelo Pontes assina a direção de cenografia e a direção de tecnologia está a cargo de Russ Rive.

Jorge Vercillo sobe ao palco acompanhado de músicos experientes, como Bernardo Bosisio (guitarra e violões), André Neiva (baixo), Glauton Campello (teclados), Claudio Infante (bateria), Orlando Costa (percussão), Jessé Sadoc (trompete) e Glauco Fernandes (violino).







Esse evento foi acessado 963 vezes.


Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outros Eventos

Outros Artistas