Agenda de Shows e Eventos

Diogo Nogueira - Vivo Rio, RJ - 08/04/2011


Postado em 31/03/2011

DIOGO NOGUEIRA WIDTH=

Onde: Vivo Rio
Endereço: Av. Infante Dom Henrique, 85 – Parque do Flamengo – Rio de Janeiro - RJ
Quanto: Vários
Horário: 22:00hs
Informações: (21) 2272-2900 [email protected]
http://www.vivorio.com.br/
No dia 8 de abril (6ª feira), Diogo Nogueira faz única apresentação, no palco do Vivo Rio, RJ, do show do novo CD e DVD, “Sou Eu” (EMI Music). O cantor sobe ao mesmo palco no qual fez, em novembro de 2010, o lançamento da turnê, com ingressos esgotados desde a véspera. Para o novo show, o sambista escolheu algumas músicas do repertório do novo disco, além de seus maiores sucessos e clássicos do samba.

“Sou Eu” é o segundo DVD da carreira de Diogo Nogueira, que já se encontra na lista dos dez mais vendidos em todo o Brasil - o projeto já vendeu, até o momento, mais de 40 mil cópias (DVD de Ouro). O CD e DVD foram registrados no dia 23 de julho de 2010, também no palco do Vivo Rio, que teve casa lotada. Nessa noite, Diogo contou com a participação especial de grandes nomes da música brasileira, como Chico Buarque, Ivan Lins, Alcione, Hamilton de Holanda, além dos dançarinos da Companhia de Dança Carlinhos de Jesus.

Dentre as músicas inéditas, Diogo apresenta no show “Pra que discutir com Madame” (Ary Vidal/Janet de Almeida), gravada especialmente para a novela das 21h, “Insensato Coração”, de Gilberto Braga. A interpretação do cantor, que está entre as mais pedidas nas rádios do Rio de Janeiro, vem recolhendo elogios da crítica especializada e de alguns formadores de opinião. “Incrível também foi Diogo Nogueira cantando “Pra que discutir com madame?”“. É gostoso ouvir alguém cantar bem esse samba sem explicitar nenhuma consciência da gravação de João Gilberto. A música fica nova de um jeito intrigante (...). Mas ouvir essa canção cantada como simplesmente mais um samba bom interpretado por um ótimo cantor é uma espécie de milagre”, cita Caetano Veloso em sua coluna semanal no jornal O Globo.

Diogo Nogueira também interpreta os clássicos “Deixa eu te amar” (Mauro Silva/Camillo/Agepê), “Lama nas ruas” (Almir Guineto/Zeca Pagodinho), além de “É” (Gonzaguinha), que acaba de ser incorporado ao repertório do show. O sambista também canta um pot-pourri de inesquecíveis sambas enredo, para elevar a temperatura dos fãs.

Do repertório do último disco, foram escaladas “Tô fazendo a minha parte” (Gilson Bernini/Flavinho Silva), primeiro single do álbum, “Deus é mais” (Xande de Pilares/Leandro Fab/Ronaldo Barcellos),”Tô te querendo" (Xande de Pilares/Adalto Magalha/Almir Guineto), “Amor imperfeito” (Leandro Fregonesi/Ciraninho), além de Malandro é Malandro e Mané é Mané" (Neguinho da Beija Flor), imortalizada na voz de Bezerra da Silva, e que no show contará com a participação especial de bailarinos da Companhia de Dança Carlinhos de Jesus.

Também do álbum "Tô fazendo a minha parte", o cantor interpreta “Sou eu”, presente inesperado que recebeu de Chico Buarque e Ivan Lins e que entrou no último momento no CD. A canção que batiza o novo DVD ganhou uma interpretação especialíssima com o trio reunido, na gravação no Vivo Rio.

O cenário do show, criado pelo renomado Helio Eichbauer, foi dividido em temas. Na primeira parte, ele traz imagens ligadas à infância do cantor, como o futebol, a pipa, a bicicleta e a praia. Na segunda metade, ele faz uma referência à Lapa, berço do samba de antigas e novas gerações. Na parte final, pipas coloridas entram em cena, numa menção às cores das principais escolas de samba do Rio de Janeiro.

Em apenas três anos de carreira, o Diogo Nogueira já contabiliza algumas grandes conquistas. E o ano de 2010 foi ainda mais especial para o cantor. No final de outubro, Diogo fez uma bem sucedida turnê pela Europa, que passou por países como Portugal, Itália, Inglaterra, França e Suíça. No dia 11 de novembro, o sambista ganhou o Grammy Latino 2010 de “Melhor Álbum de Samba”, pelo CD “Tô fazendo a minha parte”. Em setembro, já havia ganho, com o mesmo disco, o Vídeo Music Brasil 2010, prêmio da MTV, na categoria “Melhor Álbum de MPB”. Com a música homônima, o cantor também concorreu a “Melhor Clipe do Ano” (foi a primeira vez que um clipe de samba ganha indicação nessa importante categoria).

Diogo Nogueira sobe ao palco acompanhado dos músicos Alceu Maia (cavaco), que também assina a direção musical, Cacau Castro (surdo), Henrique Garcia (cavaco e banjo), Wallace Peres (violão), Carlinhos de Castro (pandeiro), Daniel Felix (percussão), Sidão Santos (baixo), Dirceu Leite (clarinete, sax e flauta), Elias Corrêa (trombone), Gilson Santos (trompete), Sandro Araujo (bateria), Marcelo Nami (violão de 12 e guitarra), Fernando Merlino (teclado), Marcelo Pizzott (percussão), além do coro de Analimar Ventapane, Jussara Lourenço e Ari Bispo.







Esse evento foi acessado 749 vezes.


Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





LOJALOUCOSPORMUSICA - camisetas, miniaturas, chaveiros

Acesse: https://www.loucospormusica.com/

Outros Eventos

Outros Artistas