Agenda de Shows e Eventos

Violonista Henrique Annes - Museu Villa Lobos, RJ - 28/08/2010


Postado em 24/08/2010

VIOLONISTA HENRIQUE ANNES  WIDTH=

Onde: Museu Villa Lobos
Endereço: Rua Sorocaba 200, Botafogo - Rio de Janeiro - RJ
Quanto: R$ 1,00
Horário: 18:00hs
Informações: 21-2226-9020 21-2226-9818 [email protected]
http://www.museuvillalobos.org.br/
"Série Museu Villa- Lobos - 50 anos"


Museu Villa-Lobos festeja 50 anos da criação do espaço com Festival de concertos a preços populares


No terceiro mês da série - AGOSTO, o Museu apresentará músicas clássicas e populares, com ênfase naquelas executadas por violonistas.


No dia 28/08: Violonista Henrique Annes


O Museu Villa-Lobos, em parceria com associação de amigos do Museu Villa-Lobos e patrocínio do Instituto Brasileiro de Museus- IBRAM apresenta no mês de agosto, aos sábados, às 18hs, na Rua Sorocaba, 200 – Botafogo, o terceiro mês da série comemorativa ao cinqüentenário da criação do espaço, Museu Villa-Lobos, com apresentações de grandes nomes da música clássica e popular brasileira. A Mostra reunirá 19 apresentações, que começaram em junho e estende-se até outubro, deste ano a preços populares, R$1,00 real. O violonista e Diretor do Museu, Turíbio Santos assina a direção artística do evento.

Segundo o músico e, também idealizador do evento, Turíbio Santos, o ano de 2010 é especial para os violonistas. “Este ano estamos comemorando 30 anos da entrada dos violões nas Universidades Federais Brasileiras (Universidade Federal do Rio de Janeiro e UNIRIO). O evento dos 50 anos do Museu Villa-Lobos comemora também essa vitória do nosso instrumento nacional, fantasticamente enaltecido por Heitor Villa-Lobos”. Disse Turíbio

O mês de agosto dá prosseguimento às cordas executadas por violas e violões. Segundo Turíbio Santos, o compositor e maestro Heitor Villa-Lobos teve uma atuação fundamental na mudança das apresentações e composições que envolviam a execução do instrumento, na época: “Heitor Villa-Lobos quebrou paradigmas. Na sua monumental serie de Choros, o compositor criou uma Introdução que é um verdadeiro diálogo entre a grande orquestra sinfônica e o violão, e além disso compôs o primeiro Choro dedicado a Ernesto Nazareth no violão. Tudo na década de 20. Villa-Lobos derrubava preconceitos e mitos que tiravam o instrumento das salas de concerto e dos conservatórios. Felizmente o violão foi vitorioso nessa trajetória e hoje em dia é tocado e prestigiado nos quatro cantos do planeta. É isto que estaremos comemorando nos 50 anos do Museu Villa-Lobos!”, conclui Turíbio Santos

Curiosidades – Criação do Museu Villa - Lobos

O Museu Villa-Lobos foi idealizado por Arminda Villa-Lobos, segunda mulher do maestro e compositor, Heitor Villa-Lobos, no ano seguinte de sua morte (1960). A finalidade da criação do Museu surgiu com o objetivo de preservar e difundir o acervo do músico.

Em 22 de Junho de 1960 sai o decreto formalizando e oficializando a criação do Museu Villa-Lobos. Arminda Neves dirigiu por 24 anos o espaço, até o seu falecimento, em 1985. Atualmente, além do acervo dos documentos e objetos, o Museu Villa-Lobos tem sido palco de diversos projetos voltados para o desenvolvimento cultural através da educação musical, edição de livros, concursos internacionais e festivais de música.

Dia 28/08: O violonista Henrique Annes é um ícone da cultura musical pernambucana. Violonista desde 12 anos acompanhou nas rádios de Recife, grandes músicos compositores, cantores do nordeste, como Guerra Peixe, Canhoto da Paraíba, Armando Cunha, Alfredo Medeiros entre outros. O músico teve um papel fundamental na Orquestra Armorial e no Conservatório de Pernambuco com as Cordas Dedilhadas. O músico também é autor do livro e CD “Dedilhando Pernambuco”, um apanhado de partituras, biografias e retratos dos 20 anos mais importantes dos compositores do estado de Pernambuco, a partir do século XIX.

Henrique já participou da Orquestra Sinfônica de Recife, da Orquestra Armorial de Câmara e da Orquestra de Cordas Dedilhadas de Pernambuco, da qual foi co-fundador, com João Lyra. Este projeto e o cd “Henrique Annes toca Zé do Carmo” são independentes; ele tem ainda os discos “Henrique Annes & Oficina de Cordas de Pernambuco” e “Violão Pernambucano”, ambos pela gravadora Kuarup. Também participou da coletânea “Os Bambas do Violão”, ao lado de Baden-Powell, Nonato Luiz, Raphael Rabello e Canhoto da Paraíba. “Para mim, é uma grande prazer participar desta série comemorativa. Fiquei muito honrado com o convite do Turíbio Santos. É a primeira vez que faço um show no Museu Villa-Lobos”, completa Annes.

Henrique Annes apresenta o show: Música do Nordeste para violão

Programa: Choro Intimo e Maria Antonieta – valsa (Alfredo Medeiros), Olhos de Mulher (Armando Cunha), Valsa – Mensagem D’Alma e Choro Conta Gotas (José do Carmo) Valsa Nicelia (Canhoto da Paraíba), Prelúdio I e II e estudo n°1 (Heitor Villa-Lobos), Primavera e Rio Doce (Rômulo Miranda), Caribiana n° 3 e 5, Suíte Pernambucana – 1° movimento Valsa, 2° movimento Choro e 3° movimento Frevo (Henrique Annes)

Serviço:
Série Museu Villa-Lobos - 50 anos
Local: Museu Villa - Lobos
End.: Rua Sorocaba 200. Botafogo. Tel.: 22269020 e 22269818
Mês: Agosto 2010
Horário: 18 horas
Ingressos - R$ 1,00
Capacidade: 400 lugares
Classificação Etária: Livre
www.museuvillalobos.org.br







Esse evento foi acessado 871 vezes.


Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outros Eventos

Outros Artistas