Entrevistas Exclusivas

Confira a nossa entrevista com GÊISER


Postado em 16/05/2011

GÊISER WIDTH=

Apresentamos como destaque a banda curitibana Gêiser. A banda surpreendeu a nossa redação ao estrear com um belo álbum duplo, com vinte músicas, trazendo músicas de qualidade impressionante.


GM: Ouvindo o som de vocês eu tive uma grata surpresa, percebi uma atmosfera britânica nas canções. A inspiração vem de lá mesmo?

Erik Figueiredo - Realmente. Temos influencia do som britânico. Gostamos de fazer rock com arranjos radiofônicos. Boa parte dos grupos que gostamos e ouvimos, são da Grã-Bretanha e nosso estilo de composição se assemelha muito ao deles.

GM: Quais são as bandas/artistas que o Geiser se inspira?

Erik Figueiredo - Artistas internacionais de várias décadas. Dentre eles, medalhões como os Beatles, Hollies, Beach Boys, Rolling Stones, Gary Glitter, Bee Gees, Eric Clapton, Elton John, etc... Outros mais atuais e também outros menos conhecidos. Enfim, são muitos. (Risos)

GM: Uma de minhas maiores curiosidades era saber se a banda conseguiria sustentar com boas canções um álbum duplo de estreia e de inéditas. Ao final da audição pude perceber que a banda não simplesmente enfileirou músicas, mas manteve a semântica do álbum, sem deixar cair o nível. Eu gostaria de saber como foi o processo de composição do álbum, e como a banda resolveu lançar o álbum duplo?

Erik Figueiredo - Nós estamos sempre compondo, independentemente de quando será lançada a música. Por isso temos uma boa quantidade de canções. Quando começamos a produzir o álbum, o repertório escolhido não caberia em um único disco, e não queríamos deixar nenhuma música de fora, então a sugestão de nosso produtor executivo, E. Filho, foi a de fazer um disco duplo.

GM: A ideia de trazer inéditas no single também é excelente, lembrou os lançamentos gringos.

Erik Figueiredo - Exatamente. Para os fãs se torna um atrativo a mais e fizemos isso com bastante carinho. É sempre ótimo trazer novas músicas ao público.

GM: Já que estamos falando em mídias, a banda tem planos de lançamentos em vinil? Sei que apesar de custoso, o formato tem tudo a ver com a banda, como cita a música Íntimo Segredo: “...a vitrola irá tocar uma velha melodia para juntos dançarmos...”

Erik Figueiredo - Com certeza quando tivermos oportunidade, lançaremos material em vinil. É um sonho antigo, pois cresci ouvindo os “bolachões”.

GM: Quais os impactos imediatos que o disco trouxe para a banda?

Erik Figueiredo - Contato com pessoas e países que jamais imaginávamos antes. Se por um lado a internet muitas vezes minimiza as vendas físicas, por outro possibilita romper fronteiras em um curto espaço de tempo.

GM: Com a boa quantidade de músicas com apelo radiofônico, a banda já pensou como vai trabalhar cada música do álbum?

Erik Figueiredo - Nossa intenção é ir apresentando aos poucos as nossas canções às pessoas, criando assim uma identidade cada vez maior delas conosco e de nós com elas.



GM: Acho “Desejo Deserto” uma canção fabulosa, a sonoridade lembra o BritPop do fim da década de noventa. Até que ponto esse som influencia a banda?

Erik Figueiredo - Primeiramente obrigado pelo comentário. Curtirmos muito o Britpop do fim da década de noventa. Esse som nos influencia de maneira natural, mas até o ponto em que não estejamos copiando ou imitando alguém.

GM: E no Brasil, quais as bandas/artistas preferidos da banda?

Erik Figueiredo - Agostinho dos Santos, Baden Powell, Tom Jobim e Jessé.
Fabio Wolf - Mutantes e Raul Seixas.
Lélo Oliveira - Roupa Nova, Blitz, Raul Seixas e toda a galera da jovem guarda.
Marcos Gomes - Titãs, LS Jack e Arnaldo Antunes.

GM: Quais os próximos planos da banda?

Erik Figueiredo - Divulgação. Fazer nossas músicas chegarem de uma maneira ou de outra (métodos tradicionais ou alternativos) a cada vez mais pessoas.

GM: Vão rolar clipes?

Erik Figueiredo - Vão sim. Já estava em nossos planos e tem bastante gente cobrando isso. Acho que chegou a hora. Vários clipes virão por aí.

GM: Desejando boa sorte a vocês o Galeria Musical agradece a entrevista e parabeniza novamente a banda pelo trabalho.

Erik Figueiredo - Em nome da banda Gêiser, eu agradeço muito e contem sempre conosco. Um forte abraço para todo o pessoal do Galeria Musical e também aos milhares de frequentadores do site.





Esta entrevista foi lida 1143 vezes.