New Document

Galeria Musical

Artista do Mês - 08/2010

BLEFFE
Este mês trazemos para a seção Artista do Mês os cariocas da banda Bleffe, responsáveis por um pop/Rock fortemente inspirado no som feito no início da década de 00. Além de nos conceder uma entrevista,a banda ainda liberou para os nossos leitores o single "Tá Tarde" para download. Confira!

Conheça o Artista

    VIAGENS
    2010
    Por Anderson Nascimento
    baixe aqui o Single Tá Tarde



    Surgida em 2002 a banda carioca Bleffe carrega consigo muito do som que estava sendo feito no início da década passada, ou seja, um Rock com tons melódicos que remetem à bandas como “Creed” e por aqui “Detonautas”. Mas o fato de não se prender a um único estilo, consegue levar a banda de volta aos anos oitenta com sons que circundam bandas como o “Barão Vermelho”.

    Parte do exposto pode ser conferido já na canção “Viagens”, que acaba por dar nome ao álbum, e que consegue transportar o som da banda para o som dos anos 00, com fortes pitadas de hardcore melódico.

    O disco “Viagens”, aliás, primeiro álbum “cheio” da banda, foi responsável por tornar a banda bastante conhecida no Rio de Janeiro e , além disso, cruzar pela primeira vez as fronteiras do Rio para tocar em outro estado.

    Toda essa gama de acontecimentos, levou a banda a participar da coletânea paulista “AllTracks Rockwear”, que teve uma tiragem de 50 mil cópias, e da coletênea-tributo aos Beatles “Álbum Branco”, onde fizeram uma releitura de “Revolution”, até hoje muito baixada nos meios onde a banda hospeda suas músicas.

    A banda composta por Christian Garcia (voz - violão), Alex Borges (guitarra - vocais), Cristiano Cokada (bateria - vocais) e Dan Lucasta (baixo), soube perfeitamente dar o recado e mostrar a cara da banda com o disco “Viagens”. Tanto, que se você quiser conhecer o trabalho da banda, ouvir o disco é uma ótima dica.

    Com canções repletas de belas melodias, dosadamente acompanhada do peso do Rock, a banda passa por momentos interessantíssimos como no single “Tá Tarde”, uma das melhores músicas do disco, o que justifica o sucesso da mesma entre os fãs da banda.

    Falando em fãs, a banda soube muito bem acompanhar as novas tecnologias e utilizá-las em prol do seu trabalho. Parte disso pode ser ratificado pelos expressivos três mil seguidores no Twitter, e a forte participação nas redes sociais mais populares, fato que, inclusive, chamou a atenção dos editores do Galeria Musical que acabaram por escolher os conterrâneos do Bleffe como Banda do Mês de agosto no site.

    A banda também se sai muito bem ao voltar mais um pouquinho no tempo e emendar a balada “Nossas Dúvidas”, faixa que tem tudo para se tornar um grande sucesso, que com um belo arranjo, permeado com piano e orquestra, faz a cama perfeita para uma letra inspiradíssima. A diversidade sonora da banda também é percebida quando comparamos “Nossas Dúvidas” com “Nas Ruas”, canção de protesto muito bem sacada com direito a discurso em megafone e tudo.

    Com quase dez anos de carreira, o “Bleffe” prepara-se agora para o lançamento de um novo vídeo clipe e novo single, sempre acreditando no Rock, e com a grata sensação de estar contribuindo para continuar deixando-o mais vivo do que nunca.


    BLEFFE AO VIVO
    2013
    Por Anderson Nascimento
    baixe aqui o Single Tá Tarde



    Comemorando os dez anos de carreira, a banda Bleffe desfila alguns de seus sucessos entrelaçados com canções de artistas como Lulu Santos, Lenine, Legião Urbana, Barão vermelho, Cazuza, Djavan e Bon Jovi, mostrando em seu primeiro DVD um pouco do que é um show da banda.

    Gravado nos dias 14 e 16 de setembro de 2012, no Cine Teatro Brasil, em Além Paraíba (MG), o DVD está sendo lançado em um combo que inclui também a versão do show em CD – que apresenta mais duas faixas bônus -, onde o ouvinte poderá se juntar à Chris Gar (voz, violão), Alex Borges (guitarra), Cristiano Cokada (bateria), Fábio Oak (teclados) e Rodrigo Maciel (baixo), e comemorar essa importante data junto com a banda.

    Não é fácil para uma banda ou artista chegar aos dez anos de carreira de modo independente, mas é possível assistir no DVD o espírito guerreiro e cheio de orgulho de uma banda que sabe muito bem o que está fazendo.

    Corroborando tudo isso estão as já clássicas canções da banda como “Quase Duas”, que abre o show, “Tá Tarde”, hit certeiro do grupo, “Visão do Amor”, “Viagem”, com show a parte do guitarrista Alex Borges, “Imagem Sobre o Teto”, e “Tarde Demais”, que urde imagens do respectivo videoclipe.

    Entre os covers, há vários momentos bacanas como, entre outros, “Crazy” do Seal, “E.C.T.”, em exclusiva versão hard, e “Lilás” do Djavan, que encerra o DVD. Porém o grande destaque entre as releituras vai para “Hoje Eu Quero Sair Só”, do Lenine, em uma versão forte que imediatamente causa um impacto incrível em quem está assistindo ao DVD.

    Com boa produção, que destaca o trabalho da banda em cima do palco, “Bleffe Ao Vivo” é diversão garantida, e mostra que é possível fazer música e entregá-la ao público com qualidade mesmo no formato independente, além de ensinar que chegar aos dez anos com toda essa garra é um exercício de dedicação e força de vontade.



Contatos



Entrevista

    GM: Nós conhecemos a banda a partir da divulgação em redes sociais e me parece que a banda se utiliza bastante esse recurso para apresentar o trabalho e o próprio grupo. Até que ponto as redes sociais têm influenciado ou ajudado o trabalho de vocês?

    Sim, usamos bastante as redes sociais pra divulgar nosso som, pois achamos que hoje em dia esse é um atalho no caminho até o fã. Hoje mesmo verificando o número de downloads nas redes e no nosso site oficial chegamos a 5000 downloads de nossas músicas, o que pra nós é um grande feito. Passamos a contar os downloads de Agosto de 2009 pra cá, quando lançamos nosso último single "Tarde Demais". Só ela teve mais de 2000 downloads até o momento.

    GM: Como tem sido a aceitação e repercurssão da banda fora do Rio de Janeiro?

    Online tem sido muito boa. Temos seguidores/amigos/fãs em quase todo o país e até mesmo fora dele. a questão é mesmo o "offline". Tem sido muito difícil conseguir shows ultimamente, tanto no RJ quanto fora. QUANDO rolam cachês, eles mal pagam as passagens.

    GM: Como foi o convite para gravar "Revolution" no tributo ao Álbum Branco dos Beatles?

    O idealizador do projeto, o baixista do Manfred, Guto Ribeiro, nos convidou logo que teve a idéia. Nós na mesma hora topamos e de cara escolhemos "Revolution", porque ela tem uma letra marcante e seria um desafio fazer uma versão dela. Acabamos tendo uma aceitação bem legal dessa versão, tanto do público como da crítica.

    GM: Particularmente, vejo uma forte influência de bandas do início da década passada, é isso mesmo?

    Sim . Existe uma forte influência do LS Jack, Creed, mas também dos 80, Barão, Legião, Lulu Santos e de sons mais novos como Muse, Jay Vaquer, etc..

    GM: "Tá Tarde" tem uma melodia deliciosa, assim como "Viagens". Como é o processo de composição das letras das músicas?

    Geralmente falamos de relacionamentos, do personagem com outro, ou do personagem com o mundo que o cerca. Tem músicas que levam meses, até anos pra ficarem prontas. As frases vão sendo escritas soltas, e depois acaba rolando uma compilação. Já algumas saem de pronto!! É tudo muito intuitivo, mas a gente sempre busca falar sobre relacionamentos sem ser piegas.

    GM: As canções foram feitas de uma vez para o álbum ou já acompanham a banda desde o início?

    (Christian) Todas vêm sendo compostas por mim e por amigos meus desde 1997. "Imagem Sobre o Teto" foi composta em 01-01-1997. Velhinha, né? hehehe...

    GM:"Viagens" foi lançado em 2009, quais serão os próximos passos da banda? Podem adiantar alguma coisa?

    O clipe de "Tarde Demais", o último single que lançamos, está ficando pronto e deve sair em Setembro, no máximo Outubro, e já estamos preparando o novo single, "Cai", e em breve vamos gravar...

    GM: Como vocês vêem o Rock no Brasil hoje? E no mundo?

    Hum...bela pergunta..hehehe..o Rock nunca morre, mas, o que eu vejo no Brasil é que, nesse momento, não tem existido aquele tom de protesto que rolava mais nos anos 80. A galera parece que se acostumou a deixar pra lá, e não tem batido muito de frente com o que vê de errado.

    Lá fora tem muita gente boa fazendo músicas muito boas!! O Muse é uma delas. Belas letras e muito bons arranjos!!!

    GM: Pretendem lançar algo em vinil?

    Só se nos convidarem. Se rolar o convite, tamos dentro!!

    GM: O Galeria Musical deseja à banda muita sorte e que vocês possam atingir os objetivos esperados o mais rápido possível. Conte conosco!

    Muito obrigado, pessoal! Pra nós, iniciativas como a de vocês são uma luz no fim do túnel num mercado musical que muitas vezes se mostra desunido e individualista. Temos sempre que buscar a união. Lá fora muita coisa legal acontece por conta disso. Esperamos que um dia por aqui a gente tenha essa maturidade. Sigamos lutando, juntos!! Parabéns!!!