New Document

Galeria Musical

Artista do Mês - 09/2010

FUZZCAS
Rock vintage com pitadas de Rock alternativo contemporâneo. Essa é apenas uma das muitas definições que podemos dar à banda "Fuzzcas", destaque entre o meio alternativo carioca, e agora escolhida como banda do mês de setembro aqui no Galeria. Aproveitem a leitura!

Conheça o Artista

    FUZZCAS
    2007
    Por Anderson Nascimento
    baixe aqui o CD CD



    Com uma roupagem explicitamente retrô, a banda carioca Fuzzcas se apropria da sonoridade dos áureos anos sessenta para dar forma ao seu trabalho. Antes que algum desavisado associe a fórmula da banda com um formato datado, é preciso ouvir primeiro o seu álbum, auto-intitulado, lançado forma independente, para entender a proposta da banda.

    Com uma leveza impressionante e sonoridade que te catapulta aos anos sessenta, a banda desfila canções ensolaradas como a faixa de abertura “Antes da tarde se acabar”. Por outro lado, a banda mantém-se atualizada, fundindo a sua característica sonoridade vintage com o Rock mais moderno, conforme estampa o Rockão “Estou Morrendo”, uma espécie misto entre a crueza do “The Kinks” com a virtuose da banda “The Vines”.

    Canções como “Espelhos Multicoloridos” mostram a diversidade do grupo ao romper as barreiras do Rock inocente, e flertar com o psicodélico feito na segunda metade dos anos sessenta. Essa faceta também fica exposta em “Onde Quero Estar”, canção um tanto quanto áspera, que traz uma interpretação pungente de Carol Lima. Musicalmente a banda também agrada, sabendo se utilizar perfeitamente de instrumentos para criar um climático desfile de belas canções.

    Até quando encerra o álbum a banda consegue surpreender, usando uma espécie de vinheta chamada “Venha a noite então”, que traz toda a pinta do “Álbum Branco” dos Beatles.

    Amplamente divulgada nos principais jornais cariocas e em revistas especializadas, como a “Rolling Stone”, a banda também tem marcado presença em projetos especiais do selo Discobertas do pesquisador Marcelo Fróes, o que tem chamado bastante a atenção de pessoas do meio musical.

    A participação em importantes festivais como “Mada”, “Laboratório Pop” e “Humaitá pra Peixe”, também consolidou a posição da banda como uma das mais importantes do meio independente carioca.

    Esbanjando competência, a banda parte agora para o lançamento do seu segundo álbum, bastante esperado pela crítica especializada e por quem vem acompanhando o trabalho da banda.



Contatos



Entrevista

    GM - Conheci o trabalho de vocês através das excelentes participações nos projetos especiais do selo Discobertas. Como foi que rolou o convite?

    Marcelo Fróes conheceu o nosso trabalho autoral e a banda cover de Beatles que eu toco, e convidou o Fuzzcas pra participar dos tributos aos Fab 4. Como Beatles é algo tão natural pra nós, o tributo aconteceu com naturalidade. - Carol Lima

    GM - E depois disso, rolaram acontecimentos legais a partir dessas participações?

    Sim, nós ficamos um pouco mais conhecidos através desses trabalhos, e muita gente conheceu nossas canções autorais porque curtiram as versões que fizemos. - Carol Lima

    GM - E a opção pela sonoridade retrô é compartilhada por todos na banda?

    É o único elo que une a banda, porque, na verdade, nos odiamos - Lucas Leão
    Pense bem nos grandes discos da história do rock, eles surgiram nos anos 60, uns poucos nos anos 70. – Leandro Souto Maior

    GM - Quais as principais influências da banda?

    Aqueles rocks quentes dos anos em que Hendrix era vivo. - Lucas Leão
    Rock 'n' roll clássico, jujubas e balões de gás. - Carol Lima
    Beatles e Mutantes - Leandro Souto Maior

    GM - No caso das bandas atuais, o que vocês andam ouvindo?

    White Stripes, The Hives, Wolfmother, Cachorro Grande, Chucrobillyman, Os Vulcânicos, Pata de Elefante. - Lucas Leão
    Jet, Autoramas, Filhos da Judith, Silvia Machete, Supergrass, Ludov, Erika Martins. - Carol Lima
    Them Crooked Vultures, Filhos da Judith – Leandro Souto Maior

    GM - Sobre o CD que vocês estão prepararando, o que os fãs vão encontrar de diferente?

    Um rock 'n roll mais cru-el. - Lucas Leão
    Com uma pitada de doçura. - Carol Lima
    Composições assobiáveis – Leandro Souto Maior

    GM - Com relação à mídias, vocês esperam lançar alguns souveniers com a "cara da banda", como vinil ou compacto, por exemplo?

    Sim. Vinil, caneca, porta cds de lata, broches, palhetas e camisinhas. - Lucas Leão
    Vinil ou compacto, sim, isso me agrada muito. Uns ímãs de geladeira. Sei lá, rsrs. - Carol Lima
    Acho legal isso. - Leandro Souto Maior

    GM - Como vocês vêem a música independente hoje no Rio de Janeiro?

    Quase não enxergo. - Lucas Leão
    Eu acredito que tem muita banda boa, mas ainda falta espaço. - Carol Lima
    Acho que isso está diluído, não é mais como era, se você for ver, um punhado de artistas que eram ligados a gravadoras hoje são independentes. - Leandro Souto Maior

    GM - Quais os próximos planos da banda?

    Conquistar você. - Lucas Leão
    Lançar o disco novo e cair na estrada. - Carol Lima
    Boa! - Leandro Souto Maior

    GM - O Galeria Musical agradece a entrevista, desejando muita sorte e sucesso para a banda.

    A gente também. - Lucas Leão - Gracias! - Carol Lima