Postagem do Blog

EL EFECTO LANÇA DISCO GRAVADO NO IMPERATOR


Postado em 29/01/2018

EL EFECTO LANÇA DISCO GRAVADO NO IMPERATOR WIDTH=
Por Anderson Nascimento

A banda carioca El Efecto, conhecida por suas canções de forte teor político, lançou na última sexta-feira (26/01) o seu mais novo trabalho: "El Efecto ao vivo no Méier", gravado durante o festival Rio Novo Rock, realizado no palco do Imperator, importante casa de shows do Rio de Janeiro. O disco traz a participação especial da banda também carioca Ventre, atração confirmada no Lollapalooza Brasil 2018. O trabalho faz um apanhado das canções mais importantes da banda, percorrendo os quatro discos.

Lançado em nas plataformas de streamings o disco desfila as canções da banda reconhecidamente brada com discursos de forte teor político. O disco ao vivo está disponível nas principais plataformas de streaming via Sagitta Records, enquanto o vídeo completo do show já está disponível no canal da banda no YouTube .

A gravação foi realizada em dezembro de 2015, durante o Rio Novo Rock, a apresentação marcou a banda como um encerramento simbólico de um ciclo. Foi a partir daquele encontro, no palco do Imperator (Méier, RJ), que a turnê do disco “Pedras e Sonhos” foi finalizada. O registro também conta com a formação antiga da El Efecto, que trazia a guitarra de Pablo Barroso. Atualmente, fazem parte da banda os músicos Cristine Ariel (guitarra, cavaquinho e voz), Tomás Tróia (guitarra e voz), Gustavo Loureiro (bateria), Bruno Danton (voz, violão e viola), Tomás Rosati (voz, cavaquinho e percussão) e Eduardo Baker (baixo).

“De lá pra cá, ficamos praticamente dois anos em função da preparação do novo disco e da nova formação/instrumentação da banda. Mas as novas músicas seguem sendo um aprofundamento da mesma proposta que começamos há 16 anos, a vontade de combinar instigação estética e inquietação política. Nesse sentido, podemos dizer que o que vem por aí são novas formas para velhas angústias. Segue a luta!”, adianta Tomás Rosati.

O registro ao vivo conta também com a participação especial do power trio Ventre, que se uniram no palco com a El Efecto, executando as canções “Ciranda” e “De Perto”. Companheiras de longa data na cena independente carioca, as duas bandas se mobilizaram para fazer o evento juntos. “Quando a possibilidade se concretizou, logo veio a ideia de dividirmos o palco. Cada banda sugeriu algumas músicas da outra e daí pensamos juntos o que poderia render melhor com o bandão unificado”, relembra Bruno Danton.

A mesma arte que uniu as duas bandas e todo o público que assistiu à apresentação, agora convoca aos ouvintes a se sensibilizar. A ideia do El Efecto com as suas músicas é potencializar efeitos, ocupar espaços e direcionar a energia para uma luta pela vida, pela dignidade humana. “Acreditamos na música como forma de militância, um meio de organizar os sentimentos de indignação diante da injustiça social e das diversas formas de opressão, uma forma de estimular e abraçar as iniciativas de luta e, ao mesmo tempo, de nos sacudir, questionar o encaminhamento das nossas vidas, nossos gestos. Enfim, é uma trincheira pra respirar, sentir, refletir e seguir ganhando terreno no confronto contra o massacre”, observa Gustavo Loureiro.

Para combater as injustiças e iluminar um futuro melhor, o El Efecto transforma música em combustível no novo disco “Memórias do Fogo”. Inspirado na trilogia de nome semelhante de Eduardo Galeano, que fala sobre a trajetória da América Latina, o álbum evoca a importância do indivíduo cultivar uma chama interior, seja para jamais esquecer que o mundo está a ponto de incendiar-se, ou até mesmo, para juntos, incendiá-lo em algum sentido.

“Percebemos que, de uma maneira ou de outra, as músicas tinham em comum a referência ao elemento do fogo e que juntas, também compunham um painel poético de situações, personagens e alegorias que evocam lutas coletivas contra diferentes formas de opressão, espalhadas em cenários, épocas e realidades distintas. Teria uma referência mais direta também. Uma evocação à necessidade mais objetiva de torrar os ônibus, por exemplo, ou à imagem da barricada. A ideia é que cada uma das músicas pretende ser uma chama, pra esquentar, pra botar lenha na fogueira, pra incendiar nossos corações”, finaliza Bruno Danton.

O vídeo e o disco ao vivo trazem as canções dos quatro álbuns lançados pela banda e uma versão única de “De Perto”, da Ventre, só incluída no vídeo. A captação, mixagem e masterização são de Bruno Schulz. “Ao Vivo no Méier” é um lançamento da Sagitta Records.


Ouça “Ao Vivo no Méier”: http://bit.ly/elefectoaovivo

Assista: https://youtu.be/clwKKSswpm8


Ficha técnica


Gravado em 17 de dezembro de 2015 no Rio Novo Rock (Imperator - Méier) - Rio de Janeiro/RJ


Setlist

01 - Dormez-Vous

02 - N’aghadê

03 - 3 Pratos de Trigo para 30 Tigres Tristes

04 - Pedras e Sonhos

05 - Adeus Adeus

06 - O Encontro de Lampião com Eike Batista

07 - Os Assaltimbancos

08 - A Caça que se apaixonou pelo Caçador

09 - Ciranda (com Ventre)

10 - De Perto (com Ventre)

-Banda-
Tomás Rosati - voz, percussão, clarinete e teclado
Bruno Danton - voz, guitarra e trompete
Eduardo Baker - baixo
Gustavo Loureiro - bateria
Pablo Barroso - voz e guitarra

-Show-
Produção: Rio Novo Rock
Produção artística: Larissa Conforto e Iuri Gouvêa
Som ao vivo (P.A): Ricardo Nogueira

-Vídeo-
Edição e Cor: Iuri Gouvêa
Produção executiva: Larissa Conforto e Iuri Gouvêa
Realização: Rio Novo Rock, Ventre e El Efecto
Câmeras: Artur Medina, Fabrício Abramov (Redpill Filmes), Felipe Areias, Alexandre Rozemberg, Heitor Riguette (Subtrópico/ES), Eduardo da Paz, Pedro Arantes, Felipe Monteiro (Studio Prime), Leonardo Brandão (Studio Prime) e Raphael Nogueira (Studio Prime)

-Áudio-
Captação, mixagem e masterização: Bruno Schulz

-Equipe Rio Novo Rock-
Paulo Lopez
Diogo Gallindo
Gustavo Genton
Igor Lanceiro
Isabella Ribeiro

-Equipe Imperator-
Palco: Wanderley Nascimento, Carlos Elias e Jozir Lopes
Iluminação: Celso Rocha, Ricardo Viana
Som: Leandro Cortez, Bruno Carvalho
Produção: Juliana Henriques, Felipe Domingues, Thaís Monteiro e Matheus Brito





Este post foi lido 469 vezes.


Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z