Resenha do Cd O Rei Dos Bailes / Ed Lincoln

O REI DOS BAILES title=

O REI DOS BAILES
ED LINCOLN
2011

DISCOBERTAS
Por Anderson Nascimento

O Cearense Eduardo Lincoln Barbosa Sabóia, ou simplesmente Ed Lincoln, iniciou a sua carreira tocando contra-baixo, passou pelo piano e, logo depois, para o órgão, instrumento que foi determinante para o seu reconhecimento e a qual se baseou a sua carreira.

A sua maneira de tocar o instrumento logo foi perpetuada em disco, através do lançamento de seis álbuns pela gravadora Musidisc, onde também era diretor musical. Com o passar dos anos esses discos se valorizaram, muito pelo fato de nunca terem sido relançados em edições autorizadas.

O Box “O Rei dos Bailes”, recém lançado pelo selo Discobertas, chega justamente para dar um sopro na poeira e presentear a magnífica obra de Ed Lincoln com uma remasterização capaz de trazer às novas gerações o genuíno som que agitou boa parte da juventude carioca durante os áureos anos sessenta.

Os álbuns presentes nesse Box representam quase que a totalidade de sua discografia, e revelam o processo de transformação nos costumes e na música brasileira. Por exemplo, “Órgão Espetacular”, álbum de 1960, é focado essencialmente em seu órgão, apresentado luxuosas releituras de canções como “Aquarela do Brasil”, que neste disco incorpora todo o virtuosismo de seu instrumento, e de clássicos como “Locomotion” e “Sentimental Journey”.

Outro exemplo da boa visibilidade musical do artista está no disco “A Volta”, lançado em 1964, após um hiato de quase dois anos, bastante calcado em sambas, uns de sua autoria, como o suingado “Ai Que Saudade Dessa Nega!”, outros ao lado de Orlandivo, seu parceiro de longa data, caso da bacaníssima “Paladium”, além de outros compositores como o hoje “Papa do Samba” Rildo Hora.

A coleção traz os grandes êxitos da carreira de Ed Lincoln pulverizados nos álbuns da Musidisc, dessa forma, estão presentes "O Ganso", "O Bêbado", “Cochise”, “É o Cid” e “Na Onda do Berimbau”, só para citar alguns.

A impecável remasterização dos álbuns e o resgate das capas e textos originais, aliados ao projeto gráfico moderno, torna o resultado final do trabalho irrepreensível e, mais do que isso, mostra o quanto o fruto de um trabalho pode ser brilhante e consistente se feito com conhecimento e seriedade.

Resenha Publicada em 16/05/2011





Esta resenha foi lida 927 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista


Outras Resenhas