Resenha do Cd Hang In There / Violet Soda

HANG IN THERE  title=

HANG IN THERE
VIOLET SODA
2020

INDEPENDENTE
Por Anderson Nascimento

Vilot Soda surgiu em São Paulo em 2018, e tem como fonte inspiradora o Grunge e o Rock de garagem dos anos 1990 e 2000. Para quem não conhece o grupo, vale como credenciais os expressivos números de reproduções de suas músicas no Spotify.

Lançado hoje (23/10/2020) o novo EP do grupo, “Hang in There”, traz três canções, sendo a única inédita a faixa de abertura “Bad Thoughts”, canção que esfumaça ares noventistas para tudo o que lado. Vale pontuar que a canção era pra ter saído no disco de estreia da banda, lançado no ano passado pela Deck, mas acabou tendo a sua letra finalizada apenas agora.

As duas outras faixas são presentes aos fãs. “Tangerine” foi gravada ao vivo no Fabrique Club, representando o último show da banda antes da pandemia. A gravação consegue capturar a reação do público ao som firme e arrastado da banda, com direito a interpretação arrasadora da vocalista Karen Dió.

“Do It!”, terceira e última do EP, também foi gravada ao vivo, só que no Mob Studios. A canção, originalmente gravada por Karen em carreira solo, é daquelas que gruda na cabeça imediatamente.

É um sopro de alegria e esperança quando este ano terrível nos traz surpresas agradáveis como este ótimo EP.

Resenha Publicada em 23/10/2020





Esta resenha foi lida 78 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z







Outras Resenhas do Artista


Outras Resenhas