Resenha do Cd Pé De Vento / Anabela

PÉ DE VENTO title=

PÉ DE VENTO
ANABELA
2012

INDEPENDENTE
Por Anderson Nascimento

Natural de Curitiba a cantora Anabela se sai bem ao alinhar treze novas gravações em seu disco “Pé de Vento”, álbum financiado pelo FICC (Fundo de Investimentos Culturais de Campinas).

Embebido de requintado arranjo, que em alguns momentos agrega violino, violoncelo e piano aos tradicionais instrumentos do Samba, o disco se associa ao ritmo de tonalidades mais cinzas na maior parte do tempo.

Canções como “Alquimia” (Renato Martins – Roberto Didio) revelam a grande cantora que é Anabela, dando um show de interpretação em uma das canções mais bacanas do disco. Nessa linha também seguem canções como “Minha Poesia”, outro belíssimo momento do álbum, a mambembe “Rancho do Sonho” (Renato Martins – Roberto Didio), além da boa aproximação com a cultura afro na canção “Quintal de Areia” (Délcio Carvalho e Roberto Didio).

Em algumas faixas, a cantora busca e insere em seu som uma atmosfera que remete ao som do Samba de outras épocas – virou clichê chamar esse estilo de Samba de raiz -, fato que a cantora e os responsáveis pelo álbum cumprem muito bem, revelando o quanto o estilo foi sendo diluído ao longo do tempo. Nessa categoria estão canções como “Tempos Bem Vividos” (Renato Martins, Edu de Maria e Roberto Didio), e a melancólica “Velha Guarda” (Edu de Maria), que também traz participação vocal do compositor da canção. O disco ainda traz duas composições de Moacyr Luz, “Vamos Viver” (Moacyr Luz e Roberto Didio) e “Casa do Coração” (Moacyr Luz e Roberto Didio).

Com belo trabalho gráfico, o resultado final do segundo álbum de Anabela agrada, além de apresentar uma cantora que domina a arte de interpretar belas canções, sempre com o Samba na alma e na ponta da língua.

Resenha Publicada em 07/11/2012





Esta resenha foi lida 1258 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista


Outras Resenhas