Resenha do Cd Fierce Mercy / Colin Hay

FIERCE MERCY  title=

FIERCE MERCY
COLIN HAY
2017

COMPASS RECORDS
Por Anderson Nascimento

Colin Hay, dono da inconfundível voz do grupo australiano Men At Work, possui uma interessante carreira solo, tendo, inclusive alcançado relativo sucesso fora do grupo. Não à toa, o cantor chegou ao seu 13° disco solo no início de 2017, que inclusive vem sendo apontado como o seu melhor álbum individual.

“Fierce Mercy” é um disco que traz ótima produção e, se não é irrepreensível, agrada bastante o ouvinte com batidas Pops e baladas bastante significativas. Claro que o início do disco ajuda muito, pois traz as duas melhores faixas do álbum na sequência. A abertura do disco com “Come Tumblin’ Down” é uma canção de eriçada veia Pop e refrão empolgante, que inclusive emula a produção de Jeff Lyne do início dos 90s. Já a sequência, “Secret Love”, é aquele baladão arrasa-quarteirões que vai te conquistar imediatamente.

Baladas simples e bem arranjadas como “A Thousand Million Reasons” e “The Best In Me”, dão o tom do álbum, muito embora os melhores momentos são as canções de levada mais Pop, caso da já citada faixa de abertura e de “The Last To Know”.

Ao longo deste novo trabalho o artista cunha temáticas bem pessoais, envolve assuntos familiares e de sua memória afetiva, o que resulta em um disco agradável e reflexivo, que funciona muito bem no fim do expediente, regado por um bom papo e pela bebida de sua preferência.

O disco ainda ganhou uma versão deluxe com mais três faixas. Entre elas está uma das melhores canções dessa nova safra do artista, a Pop “I’m Inside Outside In”. A belíssima “Blue Bay Moon”, numa levada por-do-sol-na-praia, e “Love Don’t Mean Enough” completam as faixas bônus.

Resenha Publicada em 12/01/2018





Esta resenha foi lida 180 vezes.



Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z



LOJALOUCOSPORMUSICA - camisetas, miniaturas, chaveiros

Acesse: https://www.loucospormusica.com/

Outras Resenhas do Artista

CDs


Outras Resenhas