Resenha do Cd Thats Why God Made The Radio / Beach Boys, The

THATS WHY GOD MADE THE RADIO title=

THATS WHY GOD MADE THE RADIO
BEACH BOYS, THE
2012

EMI MUSIC
Por Anderson Nascimento

Após vinte anos sem um álbum de estúdio, e a banda entregue há anos às mãos de Mike Love, os Beach Boys se reuniram com a formação mais próxima possível do grupo clássico - já que Denis Wilson e Carl Wilson morreram em 1983 e 1998 respectivamente - para comemorar os cinquenta anos do grupo.

É realmente um privilégio poder ouvir um disco de inéditas dos Beach Boys em pleno ano de 2012, mas honestamente falando, eu já imagina exatamente o que eu encontraria no disco assim que o ouvisse, ou seja, belas harmonias vocais, canções rememorando o passado, metamúsica, e, claro, o talento e a (oni)presença de Brian (que também produz o disco) se sobressaindo.

Isso fica bem claro em “The Private Life of Bill and Sue”, canção que lembra bastante o tipo de canção que Brian vem fazendo em seus trabalhos solo mais recentes, e que se apresenta como uma das canções mais originais do álbum.

Não acho que “Think About The Days” tenha sido uma escolha acertada para abrir o novo disco dos Beach Boys, uma vez que o prólogo instrumental traz uma melancólica harmonia vocal com o apoio de um piano ainda mais triste, o que de fato não combina com o propósito do álbum.

O disco tem momentos ótimos, como a faixa título, uma das melhores do álbum. “Spring Vacation”, “Beaches In Mind”, e “Strange World” também são boas canções. Por outro lado, há também repetição ao longo do disco. Algumas músicas passeiam pelo lugar comum dos Beach Boys de outrora, não que isso signifique algo ruim, mas algo absurdamente previsível. “Daybreak Over The Ocean”, por exemplo, é uma das canções que causam essa sensação de déjà vu.

O disco finaliza com uma bela suíte inspirada nos trabalhos “Pet Sounds” e “Smile”, contendo as canções "From There to Back Again", "Pacific Coast Highway" e "Summer's Gone".
É ótimo imaginar que o grupo se divertiu gravando o disco, assim como também vamos nos divertir muito se encararmos o disco dessa forma.

Resenha Publicada em 17/11/2012





Esta resenha foi lida 947 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista

CDs


Outras Resenhas