Resenha do Cd Nossa Alegria / Manu Santos

NOSSA ALEGRIA title=

NOSSA ALEGRIA
MANU SANTOS
2012

SALADESOM RECORDS
Por Anderson Nascimento

É muito bonito quando colocamos para tocar o CD de estreia de determinado artista e nos apaixonamos de imediato por ele, por sua voz e, principalmente, pelo seu álbum. É esse o cenário que “Nossa Alegria” resulta.

Manu Santos é uma cantora antenada nos benefícios que a tecnologia proporciona em relação a aproximação com os fãs. Não obstante, seu disco foi ganhando forma com a “supervisão” de amigos e fãs através de seu site oficial, redes sociais e lista de email, sempre com agradáveis informativos e “palhinhas” das gravações das músicas, conforme elas iam ficando prontas, fato que, sem dúvida, aguçou a curiosidade pelo resultado final do trabalho.

E com o lançamento de seu disco, Manu provou que o seu sucesso na Internet não se dá apenas pelo fato de ela ser apaixona pelas novas formas de comunicação, mas pelo seu talento, pelo esmero de seu trabalho, pelo seu bom gosto musical, e por perceptivelmente amar o que faz.

O fato de a cantora ter participado da pesquisa e escolha do repertório do disco certamente favorece a segurança que Manu tem ao interpretar as canções. A forma com a qual a cantora entoa clássicos como “Lua de São Jorge” (Caetano Veloso), “Deixa Eu Dizer” (Ivan Lins, Ronaldo Monteiro) e “Lugar Comum” (João Donato, Gilberto Gil), mostra leveza e imprime a sua marca nas canções - um sambinha fino e azeitado -, fato imprescindível quando o artista relê canções tão incrustadas no inconsciente coletivo.

Além da interpretação irrepreensível de “Uma Flor” (Manu Santos, Rodrigo Santiago), bonita canção onde a cantora dá uma pitada de seu lado compositora, Manu também mostra solidez quando canta em outro idioma, caso aqui de “Un Vestido Y Un Amor” (Fito Paez), grande canção de um dos cantores argentinos mais conhecidos no Brasil.

A nova geração de compositores também está bem representada nesse primeiro álbum da cantora, já que Manu interpreta canções de Marcelo Camelo, Fred Martins, Giana Viscardi e Rodrigo Santiago (produtor do disco junto com André Angra), dono de “Mulher Jangadeira” uma das canções mais legais do disco.

Outra ilustre presença entre os compositores que Manu dá voz é a de Moacyr Luz, de quem a cantora relê “Domingo é Dia” (Moacyr Luz, Rogério Batalha) e a maravilhosa “Eu Só Quero Beber Água”, excelente escolha para fechar esse lindo trabalho.

Com incríveis dez anos de carreira a cantora já carrega algumas importantes conquistas profissionais, entre elas, Manu foi Vencedora em 2011 da 2ª Mostra de Talentos do Carioca da Gema, na Lapa, bateu o recorde de público na Lona Cultural Hermeto Pascoal em 2005 e em 2003 foi convidada por Oswaldo Montenegro para participar dos espetáculos “Noturno” e “Aldeia dos Ventos”.

Com “Nossa Alegria”, fica a certeza de que a firmeza desse primeiro passo trilhará um longo caminho de sucesso, que continuará encantando e emocionando a todos aqueles que sabem reconhecer um trabalho que exala carinho e competência em cada uma de suas treze canções.

Resenha Publicada em 30/01/2013





Esta resenha foi lida 1244 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista


Outras Resenhas