Resenha do Cd Lost, Now Found / Splippleman

LOST, NOW FOUND title=

LOST, NOW FOUND
SPLIPPLEMAN
2017

INDEPENDENTE
Por Valdir Junior

Em tempos em que uma música insípida e descartável consegue, cada vez, ser mais e mais massificada nos grandes meios de comunicação, é um alivio quando encontramos artistas dispostos, a enfrentar esse manancial de porcarias, produzindo música de qualidade e com uma garra que só encontramos em quem só está nessa pelo amor em tocar e fazer música verdadeira. É o caso do Splippleman, banda curitibana de pop rock, que já em 2014 nos agraciou com o excelente “Welcome to the Magic Room”, um dos grandes discos independentes daquele ano e que mostrava uma banda inteligente e de bom gosto fazendo pop rock com a mesma propriedade dos gringos lá fora.

Agora a banda nos presenteia com seu segundo e novíssimo CD "Lost, Now Found", disco gravado no mítico Sunset Sound Recorders de Los Angeles, estúdio pelo qual passou bandas como Led Zeppelin, Van Halen, Guns N' Roses, The Doors e onde os Beach Boys gravaram “Pet Sounds” e os Stones fizeram as gravações e overdubs finais do “Exile On Main Street”.

Com “Lost, Now Found” o Splippleman se propõem a enfrentar as difíceis tarefas de passar pelo rito de passagem do segundo disco e superar a qualidade do primeiro, tarefas árduas que a banda consegue com esforço e dedicação nesse CD. Com quinze faixas o álbum é um compêndio do melhor pop rock radiofônico que você conhece, com todas aquelas velhas influências que não podem faltar e ao mesmo tempo trazendo o mesmo frescor de novidade estalando de nova.

Ficam logo evidentes ao escutarmos “Lost, Now Found”, a qualidade das melodias e harmonias vocais das músicas, a forte presença do vocal de Lincoln Fabrício, os timbres e riffs de guitarra de Fabio Serpe e a grande qualidade dos arranjos das músicas, um trabalho realmente muito bom e pouco visto e ouvido, nesse nível, feito por uma banda brasileira. Três faixas se destacam como grandes hits do CD são elas: “Tattoo”, a faixa título “Lost, Now Found” e a balada “All I Need”, faixa que gruda nos ouvidos. As demais faixas do disco não ficam atrás, cada uma consegue ser uma candidata a sua faixa favorita com o passar do tempo, pois a cada escutada “Lost, Now Found” parece crescer sempre mais.

Fico aqui pensando... O Splippleman faz um som páreo a páreo com qualquer banda, gringa que esteja bombando lá fora, suas músicas são pops na medula, os músicos são inteligentes e super capazes, acredito que se eles continuarem nessa trajetória, e contando com um pouco de sorte, a banda pode a vir ter a mesma visibilidade e reconhecimento internacional que o Sepultura teve lá fora. Só nos resta torcer para isso, por que a banda já tem tudo para fazer isso acontecer, “Lost, Now Found” é a prova disso.

Resenha Publicada em 30/05/2017





Esta resenha foi lida 633 vezes.



Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z



Saiba como anunciar no Galeria Musical

Outras Resenhas do Artista

CDs


Outras Resenhas