Resenha do Cd Envolve / Imagine Dragons

ENVOLVE title=

ENVOLVE
IMAGINE DRAGONS
2017

UNIVERSAL MUSIC
Por Anderson Nascimento

Com um estilo musical moderno e cativante, a banda americana Imagine Dragons chegou ao seu terceiro álbum com moral de banda cascuda, mesmo antes de completar seus primeiros dez anos de existência.

Notadamente reconhecida por suas texturas que passeiam por vários estilos musicais, o grupo chegou a colocar duas músicas na trilha sonora do filme “Thor: Ragnarok”, antes disso o grupo já havia emplacado canções em outros filmes como “Battle Cry” em “Transformers: A Era da Extinção” (2014) e “Levitate” no filme “Passageiros” (2016).

A voz certeira de Dan Reynolds e a incrível camada sonora proporcionada pelos seus integrantes, fazem dos discos do grupo verdadeira viagem às entrelinhas das canções, fato corroborado pelo auxílio dos vídeos marcantes que o grupo têm lançado para promover os seus singles.

Nesse último trabalho a banda não deixou o nível cair e, mesmo com toda a aura moderna do grupo, manteve a relevância do conceito álbum. “Next To Me”, a faixa escolhida para abrir o disco, é uma surpresa, pois inicia o disco de maneira inusitada, hermética, bem diferente do que propõem os principais single do grupo.

O sucesso “Whatever It Takes” já devolve ao grupo a sua característica hitmaker, com versos convidativos para se cantar junto, e as artimanhas vocais que tanto caracterizam o grupo. Se ainda há alguma dúvida sobre o valor do Imagine Dragons, ouça o single “Believer” e ateste o tipo de som que o grupo vem construindo, sem se apegar a nenhum outro grupo contemporâneo ou de sucesso já consolidado, mesmo Dan Reynolds já tendo revelado que as suas influência particulares são de artistas como Arcade Fire, Muse, The Beatles, Paul Simon, Harry Nilsson e Mumford & Sons.

O grupo brinda o ouvinte com um compêndio de canções incrivelmente distintas umas das outras, basta comparar o single “Thunder” com a quase brega “Yesterday”, ou ainda a soturna “Dancing in The Dark”, que fecha o disco. Fora os quatro singles de sucesso, o último disco do grupo ainda traz para o ouvinte pérolas maravilhosas como a emocionante dobradinha “Walking The Wire” e “Rise Up”.

Em tempos onde o mundo da música anda instável, o que torna praticamente desconhecido o conceito de sucesso, ter quatro singles extraídos de um disco de inéditas no topo e na ponta da língua dos que acompanham o mundo da música é, no mínimo, fenomenal.

Resenha Publicada em 06/03/2018





Esta resenha foi lida 429 vezes.



Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z



LOJALOUCOSPORMUSICA - camisetas, miniaturas, chaveiros

Acesse: https://www.loucospormusica.com/

Outras Resenhas do Artista


Outras Resenhas