Resenha do Cd Azul Anil / Nila Branco

AZUL ANIL title=

AZUL ANIL
NILA BRANCO
2018

TRATORE
Por Anderson Nascimento

Com 20 anos de estrada, vários CDs e DVDs lançados, a cantora goiana Nila Branco acaba de lançar “Azul Anil”, álbum em que a abre parcerias com compositores de diversas partes do país, o que por si só já aguça a atenção do ouvinte para a diversidade que o resultado final do álbum sugere.

Parafraseando a letra da cotidiana “Com Açúcar, Sem Engano” (Nila Branco, Marcelo Dinelza), é possível dizer que a cantora “acerta o compasso”, surfando na sua onda, mesmo com todos os melindres que cada compositor embute na concepção de suas canções.

Musicalmente o disco traz instrumental irrepreensível, com muitos violões e uma veia Pop/Rock que pode ser melhor percebida na ótima “Pra Te Ver Mais Uma Vez” (Dulce Abreu), faixa que certamente deve crescer ainda mais ao vivo.

As canções vão conquistando e prendendo a atenção do ouvinte ora pela delicadeza, como em “Quadro Vivo” (Karine Bizonoto, Samuel Fujimoto), ora pela cativante levada que “Jardim da Vida” (Roberta Campos) apresenta.

Repleto de momentos marcantes, o disco ainda traz potenciais hits, caso de “Eu Não Sei Mais Ficar Só” (Marcelo Dinelza), que ganha interpretação poderosa e certamente cairia muito bem como trilha sonora de novela.

Ao fim da audição percebe-se que “Azul Anil” cumpre a sua proposta de apresentar canções sobre as várias formas de amor, que no álbum são amalgamadas por um belo e firme vozeirão, além de uma produção que beira ao perfeito. Há nítido amadurecimento artístico nesse novo trabalho e a abertura para as novas parcerias certamente somou muitos pontos positivos para a carreira da cantora.

Resenha Publicada em 18/07/2018





Esta resenha foi lida 408 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z



LOJALOUCOSPORMUSICA - camisetas, miniaturas, chaveiros

Acesse: https://www.loucospormusica.com/

Outras Resenhas do Artista


Outras Resenhas