Resenha do Cd First Blow / Slippery

FIRST BLOW title=

FIRST BLOW
SLIPPERY
2012

INDEPENDENTE
Por Anderson Nascimento

Como nos indefectíveis comerciais de cigarro dos anos oitenta, o Slippery, inicia o seu álbum de estreia caprichando em riffs de guitarra heurísticos, e backing vocais demarcando cada passagem do Rock certeiro “Follow Your Dreams”, provando que abrir um trabalho como uma música forte e representativa como esta torna a primeira audição do disco uma tarefa altamente motivadora.

O Slippery é uma banda paulista, formada na cidade de Campinas em 2004, que, como o álbum faz questão de sublinhar, aposta no Hard Rock, com espessa camada oitentista. Canções como “Two Young Hearts” e “Run For Reaction”, trazem essa carga e estão entre as melhores do álbum, que funciona, entre outros motivos, por se afirmar e se aceitar como fruto do som produzido na década de 1980.

Já em seu primeiro EP, “Follow Your Dreams”, lançado em 2007, a banda registrou boa receptividade por parte da imprensa especializada, o que viabilizou importantes acontecimentos para a trajetória da banda, como convites para abertura dos shows de Jimi Jamison (ex-Survivor), Jeff Scot Soto (ex-Malmsteen, Talisman) e L.A. Guns, além da participação em festivais como o 'W.O.A. Metal Battle' de 2008, onde a banda chegou a estar entre os finalistas.

“First Blow”, como afirma o guitarrista Dragão, revela o amadurecimento da banda desde que lançaram o seu primeiro EP. O álbum, de capa bela e inventiva, traz algumas das músicas que marcaram os oito anos de carreira da banda, retrabalhadas em estúdio para que se adequassem ao novo repertório do disco e à produção de Átila Ardanuy, importante produtor que já trabalhou com bandas como “Dr. Sin”.

Algo que não pode deixar de ser destacado também é a habilidade da banda em produzir riffs marcantes, caso de “No Time To Sorrow” e, como não poderia deixar de ser, a banda também apresenta algumas baladas marcantes, como “Another Chance” e a maravilhosa “What I Need”, uma das mais bacanas do álbum.

Como bônus, o disco ainda apresenta “Night of The Demon”, única cover do disco, em uma versão recheada de efeitos e Rock de pegada rápida e urgente, realizada a partir do som original da banda britânica “Demon”.

Com seu primeiro álbum “cheio”, a banda surpreende aqueles que a ouvem pela primeira vez, e enche de orgulho os fãs do bom e velho Rock oitentista. Não há como negar a curiosidade em assistir esse repertório ao vivo, canções como a faixa título “First Blow” tem toda essa carga e, certamente, será um dos pontos altos das turnês de lançamento do álbum que se seguirão.

Resenha Publicada em 01/05/2012





Esta resenha foi lida 972 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista


Outras Resenhas