Resenha do Cd Nelsonrodrigueando A Tal Da Música Popular Brasileira / Clave De Clóvis, A

NELSONRODRIGUEANDO A TAL DA MÚSICA POPULAR BRASILEIRA title=

NELSONRODRIGUEANDO A TAL DA MÚSICA POPULAR BRASILEIRA
CLAVE DE CLÓVIS, A
2012

INDEPENDENTE
Por Anderson Nascimento

Já na abertura de seu segundo disco, a banda paulista “A Clave de Cóvis” faz uma série de citações sonoras que remetem ao Hard Rock e Rap, até entrarem com “Dona Cida”, um Rock pesado de letra que cita zoofilia e outras perversões.

Essa mistura de ritmos e de letras pouco ortodoxas na verdade pontua todo o álbum do subversivo grupo. Em “Frêvulo” e “Frevin”, a banda recorre à um som que lembra o Frevo pernambucano, já nas faixas “Calma”, “Samba 5” e “Samba de Ernesto”, a banda mistura o Rock com Samba. Mas esse balaio sonoro não para por aí, já que a banda passeia ainda pela moda caipira da faixa título, e até mesmo pelo estiloso Funk que dominou a música nos anos 70, na faixa “Funkadão”.

“Contrafogos” é a melhor faixa do disco, de letra serena e instrumental que obedece a uma interessante evolução, a canção se destaca pela forma como as frases vão criando um mosaico interessante entre o cantado e a interpretação urgente do vocalista.

“Germinália” é outra boa canção que consegue reunir esse misto de sonoridades e ideologias presente na obra da banda em uma mesma canção, o que acaba transformando a faixa em alternativa, tropicalista e vanguardista, assim mesmo, tudo ao mesmo tempo agora.

“Fervendo” também se destaca no disco, a faixa faz uma referência explícita ao som da música popular brasileira dos anos 70, emulando o delicioso Rock Rural de Sá, Rodrix e Guarabyra.

A banda “A Clave de Clóvis” parece não ter medo de se arriscar em faixas um tanto ininteligíveis como a caótica “Oração”, por outro lado, em nenhum momento a banda parece perder a noção do que ela está produzindo ao longo do álbum.

No fim das contas, fica a certeza de que “Nelsonrodrigueando a Tal Música Popular Brasileira”, não é um álbum de fácil digestão, há de se ter um olhar mais crítico e dispor de maior atenção para curtir e (tentar) entender o disco. Acredito que de forma proposital, a banda apresenta um álbum original, que cairá no gosto daqueles que esperam sempre um pouco mais de um álbum, e não apenas um enfileiramento de canções.

Resenha Publicada em 09/07/2012





Esta resenha foi lida 1095 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista


Outras Resenhas