Resenha do Cd Baby Sucessos - A Menina Ainda Dança / Baby Do Brasil

BABY SUCESSOS - A MENINA AINDA DANÇA title=

BABY SUCESSOS - A MENINA AINDA DANÇA
BABY DO BRASIL
2015

COQUEIRO VERDE
Por Anderson Nascimento

Com sua volta arquitetada há tempos por seu filho Pedro Baby, Baby do Brasil voltou a pisar em um palco no dia 31 de outubro de 2012, no Jockey Club do Rio de Janeiro (RJ), para o evento Vivo Open Air, trazendo repertório com os sucessos de sua carreira.

O show de sucessos acabou rendendo a gravação do CD e DVD, no dia 31 de janeiro de 2014 na casa Imperator, no Rio de Janeiro. Mais de um ano após a sua gravação, o registro desse show chega finalmente às lojas em CD e DVD, via Coqueiro Verde, e consequentemente adiciona novas datas à agenda da cantora para a sua turnê de lançamento.

Àqueles que curtiram os anos 70, época em que a cantora participou de um dos maiores grupos brasileiros de todos os tempos, os Novos Baianos, ou os 80, período em que a cantora despontou em carreira-solo, certamente vão se deleitar com esse delicioso revival de um passado já tão distante da cantora e, obviamente, de nossas vidas.

Quem, por exemplo, não se emociona ao ouvir a introdução de “Sem Pecado e Sem Juízo”? Ou ainda com o som doce de “Menino do Rio”? Essa memória afetiva provocada por esse CD/DVD da cantora é motivo suficiente para comemorar.

Não bastasse isso, ainda temos Baby, chinfrando de boa forma física e vocal. Quem assistiu ao recente show de lançamento ao vivo no Circo Voador (RJ), teve que se esforçar para encarar o pique da cantora ao longo de um show com mais de duas horas de duração. Some-se a isso o bom-humor, a presença de palco e o seu jeitinho serelepe de ser, tudo intacto, como se congelado há anos para que as novas gerações pudessem apreciá-la como se o tempo não tivesse passado.

O repertório é calcado nos sucessos, como o próprio título do trabalho sugere. Dessa forma, estão lá canções das fases pré e pós Novos Baianos. Da fase Novos Baianos estão lá as óbvias “Tinindo Trincando”, “Lá Vem o Brasil Descendo a Ladeira”, “Acabou Chorare” e “A Menina Dança”; de sua fase solo "Todo Dia era Dia de Índio", "Cósmica", “Sem Pecado em Sem Juízo” e “Menino do Rio” (com a luxuosa participação de Caetano Veloso), entre outros momentos de igual importância, o que torna esse um lançamento sem excessos ou gordura pra queimar.

Não há como não elogiar, por exemplo, a versão de “Planeta Venus”, com a (ótima) participação de seu filho e incentivador Pedro Baby, destaque à parte nos shows empunhando a guitarra e soltando a voz.

Com direção musical de Pedro Baby e capa assinada pelo artista carioca Giovanni Bianco, responsável por capas de discos de artistas como Madonna, Ivete Sangalo, Marina Lima e Marisa Monte, entre outras, este novo trabalho é peça essencial na coleção de qualquer fã de música.

A volta de Baby (não se sabe ainda até quando vai esse deleite) certamente é um dos eventos mais importantes da música brasileira nos últimos anos. Que bom que agora temos um registro dessa grande cantora e artista à sua altura. Sensacional!

Resenha Publicada em 17/04/2015





Esta resenha foi lida 1898 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista


Outras Resenhas