Lista - 10 Trilhas Sonoras De Filmes Internacionais

10 TRILHAS SONORAS DE FILMES INTERNACIONAIS WIDTH=

10 TRILHAS SONORAS DE FILMES INTERNACIONAIS

Publicada em: 10/02/2014

Que o cinema é uma indústria capaz de fazer bilhões em dinheiro e divertir milhões de pessoas, isso ninguém duvida. Mas parte desse sucesso deve ser creditado as trilhas sonoras dos filmes, seja a trilha instrumental e de efeitos sonoros, ou de músicas mesmo. Alguns filmes chegam a lançar os dois tipos de trilhas, tanto é a paixão do consumidor que normalmente assiste o filme e depois corre atrás da (ou das) trilha(s) sonoras(s). Nesta lista, escrita a partir da parceria entre Anderson Nascimento e Valdir Junior, selecionamos para os leitores do GM as trilhas sonoras que mais nos emocionaram e que, ao nosso ver, fizeram toda a diferença em cada um dos filmes aqui apresentados. Como regra, excluímos trilhas puramente instrumentais e de musicais, assim como as trilhas de filmes nacionais, que abordaremos em um uma futura lista. Não temos a pretensão de achar que essa lista é a melhor escolha que alguém possa fazer, mas pelo menos foi o resultado daquilo que sentimos vontade de escrever no momento. Esperamos que vocês curtam!


Esta lista foi acessada 3518 vezes.



Discos
    1° - FORREST GUMP
    1994
    VÁRIOS
    1994
    Por Anderson Nascimento


    Quem nunca se emocionou com esse filme? Tom Hanks interpreta um jovem que, apesar de todos os seus problemas, consegue levar uma vida digna e honrada, passando por importantes momentos da história norte americana. O pano de fundo para isso tudo é essa linda trilha sonora, que inclui 34 clássicos americanos de artistas de variados estilos musicais como Folk, Rock, Jazz, Pop, Country e Soul, a partir de gravações de artistas como Elvis Presley, Joan Baez, Creedence Clearwater Revival, The Four Tops, Aretha Franklin, Bob Dylan, Beach Boys, The Mamas & The Papas, Buffalo Springfield, The Doors, Simon & Garfunkel, Jefferson Airplane, Scott McKenzie, The Byrds, The Supremes, B.J. Thomas, Fleetwood Mac, entre muitos outros. Não é preciso dizer o sucesso que o disco fez, vendendo quase cinco milhões de cópias. Apesar de não trazer novidades em termos de canções, essa trilha consegue reunir clássicos inesquecíveis, tornando o disco um item obrigatório na coleção de quem curte a dobradinha cinema e música.

    2° - BEST OF BOND...JAMES BOND
    2012
    VÁRIOS
    2012
    Por Valdir Junior


    De todos filmes em que foram criadas canções específicas para o mesmo, nenhum deles teve mais impacto na cultura pop e nas paradas de sucesso do que as músicas feitas para os filmes da série 007- James Bond. Desde o imortal e impactante tema principal (James Bond Theme) composto por Monty Norman, com uma estrutura jazzística, passando por canções marcantes e extraordinárias de cantores e compositores que fariam de tudo para ter em seus “curriculum” uma música tema de algum filme do espião inglês, todas marcaram sua época e podem ser vistas como um reflexo da música pop do seu momento. Nesses 50 anos de vida da franquia 007, já tivemos todo um leque de interpretações de cantores e bandas que deixaram sua marca fazendo com que as canções se sobressaírem aos próprios intérpretes. Alguns temas até hoje são arrepiantes: "Goldfinger" com Shirley Bassey; "A View to a Kill" com Duran Duran; "Licence to Kill" com Gladys Knight; "You Only Live Twice" com Nancy Sinatra”; “SkyFall” com Adele e também talvez a única canção que consegue ter vida própria fora série, a explosiva e arrebatadora “Live and Let Die” com Paul McCartney and Wings.

    3° - QUASE FAMOSOS
    2000
    VÁRIOS
    2000
    Por Anderson Nascimento


    A emocionante cena em que a banda e a sua equipe cantam no ônibus “Tiny Dancer” do Elton John me faz chorar até hoje e, só por essa passagem, já merecia figurar aqui nessa lista. “Quase Famosos” é inspirado na história verdadeira do hoje diretor de cinema Cameron Crowe, de como ele começou a escrever sobre música, cobrindo a turnê da banda The Allman Brothers, a pedido da revista Rolling Stone, porém, no filme, o garoto que protagoniza o filme cobre a banda fictícia Stillwaters. O desenrolar dessa história é munido de canções setentistas de gente como Led Zeppelin, Lynyrd Skynyrd, The Who, Elton John, The Allman Brothers, Rod Stewart, Simon & Garfunkel, Beach Boys, David Bowie, entre outros.

    4° - ROCKY IV
    1985
    VÁRIOS
    1985
    Por Valdir Junior


    Quem viveu os anos 1980 e assistiu a estreia do quarto filme sobre o boxeador Rocky Balboa, interpretado por Sylvester Stallone, foi imediatamente arrebatado do primeiro segundo do filme à cena final pela narrativa que, diferentemente dos outros filmes da série, apresentava um enorme videoclipe, com cenas e estórias praticamente casadas com as excelentes canções “Eye of the Tiger" e "Burning Heart, com a banda Survivor; "Heart's on Fire", com John Cafferty & The Beaver Brown Band (uma das músicas mais emocionantes do filme); "Living in America", com James Brown; e "No Easy Way Out" com Robert Tepper. Além dos temas instrumentais: "War" e "Training Montage" composto por Vince DiCola. A história mesmo era o velho clichê de desafio e superação do personagem principal, aliada a uma propaganda americana (da era Ronald Regan) contra a antiga URSS. Mas deixando isso de lado, essa é uma das trilhas mais inspiradoras até hoje.

    5° - VANILLA SKY
    2001
    VÁRIOS
    2001
    Por Anderson Nascimento


    Vanilla Sky é a refilmagem feita por Cameron Crowe para o filme espanhol “Abre Los Ojos”. A versão americana é pontuada por faixas de artistas como Jeff Buckley, Radiohead, Sigur Rós, Bob Dylan, The Chemical Brothers e Peter Gabriel, mantendo sempre a aura alternativa em evidência. Os principais momentos, porém, são as canções inéditas do álbum como "All the Right Friends" do REM e a música tema, “Vanilla Sky”, escrita por Paul McCartney especialmente para o filme. Uma pena que “Good Vibrations” dos Beach Boys, que aparece em uma importante cena do filme, não figure na trilha sonora.

    6° - ALTA FIDELIDADE
    2000
    VÁRIOS
    2000
    Por Anderson Nascimento


    Nada melhor que um filme que tem como cenário principal uma loja de discos, e como protagonista um apaixonado por música, que tem como hobbie montar listas, incluindo elementos de sua própria vida, como se estivesse sempre gravando coletâneas. Como rigorosos “críticos de música” que os personagens que trabalhavam na loja de discos eram, a trilha sonora do filme não poderia sair diferente do que ótima. O disco mistura artistas clássicos como, por exemplo, The Kinks, The Velvet Underground, Bob Dylan, Elvis Costello e Stevie Wonder, como bandas alternativas como Stereolab e The Velvet Underground. O encerramento do filme com "I Believe (When I Fall in Love It Will Be Forever)" de Stevie Wonder não poderia ser mais cativante.

    7° - LA BAMBA
    1987
    VÁRIOS
    1987
    Por Valdir Junior


    A história do jovem cantor Ritchie Valens, que teve um grande, mas breve, sucesso no final dos 1950 com sua adaptação para o rock do tema tradicional “La Bamba”, e logo depois faleceu em um acidente de avião junto ao grande Buddy Holly no que mais tarde foi chamado de “O Dia em que a musica morreu”, conseguiu emocionar todo mundo em 1987/88 (e com certeza até hoje), mas o combustível principal desse filme era a música de Ritchie Valens, aqui interpretada com novos e arrasadores arranjos da banda Los Lobos. A Música de Valens era regular, mas os Los Lobos conseguiram transformá-las num grande sucesso, cada uma foi tocada à exaustão em todas as rádios ("Donna”, "La Bamba”, "Come On, Let's Go!" e "We Belong Together"), assim como as excelentes versões de músicas de Buddy Holly e a vibrante "Summertime Blues" de Eddie Cochran com Brian Setzer. Essa trilha foi responsável por trazer um revival dos anos 50 no final da década de 1980.

    8° - 41 ORIGINAL HITS FROM THE SOUNDTRACK OF AMERICAN GRAFFITI
    1973
    VÁRIOS
    1973
    Por Valdir Junior


    Antes do cineasta George Lucas embarcar de corpo e alma na sua saga “Star Wars”, ele produziu e dirigiu esse filme sobre a última noite de férias de um bando de adolescentes antes deles entrarem na faculdade e encarar “a vida adulta” no ano de 1962. Como pano de fundo para as loucuras aprontadas por eles, temos um desfile de grandes (e outros nem tanto) sucessos do final dos anos 1950 e início de 1960, músicas que George Lucas conhecia muito bem e dão o toque perfeito para a narrativa e clima do filme. Se há uma coletânea de músicas que pode perfeitamente representar esse período da musica pop/rock americana dessa época, definitivamente é essa trilha de “America Graffti”. Aqui você vai encontrar todas aquelas músicas do tempo em que se dançava com o rosto colado e, quando era para botar para quebrar, ninguém ficava parado. Só uma amostra do que se encontra aqui: “Rock Around the Clock" - Bill Haley & the Comets ; "Why Do Fools Fall in Love" - Frankie Lymon & the Teenagers; "That'll Be the Day" - Buddy Holly; "Surfin Safari" - The Beach Boys; "Smoke Gets in Your Eyes" - The Platters ; "Little Darlin'" - The Diamonds ; "Since I Don't Have You" - The Skyliners, e mais um monte de músicas que você não pode deixar de conhecer, ouvir, reouvir e relembrar.

    9° - CROSSROADS
    1986
    VÁRIOS
    1986
    Por Valdir Junior


    O Filme “A Encruzilhada” (Crossroads) dirigido por Walter Hill em 1986 e que tem Ralph Machio no papel principal do novato guitarrista Eugene Martone, que sai a procura de uma fictícia canção perdida da “lenda do blues” Robert Johnson, foi muito decepcionante no roteiro, pouco fez para reverenciar a obra de Johnson e o blues em um modo geral, abusando de clichês tanto nas atuações como nos diálogos (salvo a pequena participação do guitarrista Stevie Vai no duelo final com o protagonista). Mas o que realmente “salva” o filme é a excelente e maravilhosa trilha sonora interpretada e arranjada pelo grande guitarrista Ry Cooder (anos mais tarde Cooder faria outra maravilhosa trilha para o filme “ Buena Vista Social Club”). Na trilha Cooder faz uma eletrizante versão de “Crossroads” de Robert Johnson e desliza seu “bootleneck” em outros temas compostos para o filme. Destaque para a amargurada “Feelin Bad Blues” e para “Cotton Needs Pickin”.

    10° - THE WONDERS - O SONHO NÃO ACABOU
    1996
    VÁRIOS
    1996
    Por Anderson Nascimento


    Ainda que esse filme retrate a história uma banda fictícia, onde, parafraseando Humberto Gessinger, a ascensão e queda são dois lados da mesma moeda, o disco tem uma trilha sonora muito bacana. As canções da trilha sonora do disco não são só da banda protagonista do filme, que aparece em seis das quinze faixas, mas de vários artistas do selo Playtone, que meio que satirizam os diversos estilos de música que eram feitos em 1964, ano em que o filme retrata. Vale lembrar que, ainda que os Wonders não tenham existido de verdade, a música “That Things You Do” foi um sucesso mundial assim que foi lançada, alcançando o 21° lugar nas paradas da Billboard.


Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Listas