Resenha do Cd Long Cold Winter / Cinderella

LONG COLD WINTER title=

LONG COLD WINTER
CINDERELLA
1988

MERCURY
Por Johnny Paul Soares

Os americanos do Cinderella vinham com um debut na bagagem, o ótimo Night Songs, lançado e 1986, onde captava uma banda como muitas que assolavam a América e o Reino Unido com seu Glam Rock/Metal ou, por que não, Hair Metal. Pois bem, Tom Keifer e companhia decidiram em conjunto por uma direção mais baseada no Rock 'N Roll setentista de bandas como Deep Purple, Bad Company, Aerosmith, etc. Nessa linha, o segundo álbum, Long Cold Winter, já sofre um baita mudança em sua sonoridade, basta conferir uns "tapas na orelha" como a faixa que abre o trabalho, Bad Seamstress Blues/Fallin' Apart At The Seams e a clássica faixa-título Long Cold Winter para não ter mais dúvidas.

O Bluesão firme e potente apresentado aqui não deixa dúvidas que a veia dessa banda de "Glam Rock" dos EUA é, certamente, os anos 70 (Basta conferir o álbum solo do vocalista e guitarrista Tom Keifer, The Way Life Goes, de 2013, para ter plena certeza de onde vem toda a aura). O disco alcançou a posição de número 10 nos Estados Unidos ainda naquele ano de 1988 e, posteriormente, conseguindo um respeitoso e digno disco triplo de Platina. Nada mal, aliás, em minha humilde opinião, o Cinderella, assim como o King Kobra (com o LP Ready To Strike, de 1985), são bandas que conseguem se afastar de grupos como Poison, por exemplo, com uma qualidade absurda mesmo em tempo de sintetizadores.

Lançado pela Mercury (EUA) e Vertigo (Europa), ainda contou com quatro singles extraídos do disco - Don't Know What You Got (Till It's Gone), The Last Mile, Coming Home e Gypsy Road -, fechando com um belo chute na porta os anos 80 para o Cinderella que, infelizmente, não aproveitou do mesmo sucesso nos 90's devido ao crescimento do Grunge no cenário, enterrando boa parte de bandas Glam no passado, que não conseguiram aderir ao movimento. E não se esqueça de se emocionar com a própria Coming Home (Aquele tipo de sucesso garantido entre as garotas, e esses americanos faziam isso muito bem). Todas as faixas foram compostas por Tom Keifer, exceto If You Don't Like It, uma parceria com o baixista Eric Brittingham. Ouça bem alto e com uma garota Hard Rocker do seu lado e facilmente ficará tudo marcado mesmo 27 anos após o lançamento do petardo.

Resenha Publicada em 21/07/2016





Esta resenha foi lida 653 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





LOJALOUCOSPORMUSICA - camisetas, miniaturas, chaveiros

Acesse: https://www.loucospormusica.com/

Outras Resenhas do Artista


Outras Resenhas