Resenha do Cd A Vida é Agora / Nec

A VIDA É AGORA title=

A VIDA É AGORA
NEC
2016

INDEPENDENTE
Por Anderson Nascimento

Quis o destino que a banda NEC fosse formada em São Paulo, mesmo sendo composta por gaúchos, fato inusitado sempre em voga quando o assunto é a banda. Surgida em 2010 o grupo lançou em formato virtual o seu disco “A Vida é Agora” em 30 de novembro 2015, embora a versão em formato físico tenha saído do forno apenas em 2016, algo bem comum para os dias de hoje.

“A Vida é Agora” é daqueles discos que te envolve aos poucos, embora já é possível gostar dele desde a primeira audição. O disco começa ensolarado, com a pegada forte da canção “Hoje” (Pablo Nechi), uma faixa pra cima, que descreve o início de um dia perfeito.

O grupo cuidou da divulgação do seu disco ao longo de 2016 e o fez bem. O NEC possui o mérito de ter lançado um dos singles mais bonitos que ouvi no cenário independente em todo o ano de 2016. Trata-se da canção “A Estação” (Pablo Nechi), segunda do álbum, música de palavras duras, mas sinceras. A canção, aliás, possui um belo vídeo clipe que, lançado há um mês, já passou a casa das 20 mil visualizações.

No decorrer do disco destacam-se também arranjos como o de “Palavra Exata” (Pablo Nechi) que, ainda que sutilmente, ousa ao longo de sua levada. Já a faixa título “A Vida é Agora” (Pablo Nechi), traz arranjos de cordas em sua ornamentação, enquanto “Até Onde Vai” (Pablo Nechi) é instrumentalmente perfeita.

Ao longo do disco o grupo se alterna entre (mais) momentos leves e pesados, produzindo no fim um genuíno álbum de Pop/Rock, agradável e interessante. Entre os limites entre o som mais pesado e mais pop estão canções como “Glória” (Pablo Nechi), o momento mais forte e inflamado do disco, e “Só Mais Uma Vez” (Pablo Nechi), que encerra o disco com uma batida Pop e ensolarada, fechando perfeitamente o ciclo de canções do álbum.

Formada por Pablo Nechi (voz/guitarra), Claudio Oderich (baixo/voz), Alysson Veeck (bateria) e Rafael Figini (pianos/synths), o grupo desponta positivamente como um grupo interessante que vale a pena conhecer e merece toda a sorte do mundo em seus próximos passos.

Resenha Publicada em 17/11/2016





Esta resenha foi lida 1213 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista


Outras Resenhas