Resenha do Cd Bons Ventos / Elisa Queiros

BONS VENTOS title=

BONS VENTOS
ELISA QUEIROS
2017

MILLS RECORDS
Por Anderson Nascimento

Revelada no antológico grupo Arranco de Varsóvia, Elisa Queirós chega ao seu segundo álbum solo, que abre com a boa faixa autoral “Bons Ventos”, responsável também por batizar o disco. Seu canto continua reverberando emoções e detalhando o significado de cada palavra ao longo de cada música presente no seu novo trabalho.

O álbum conta com diversos compositores, Fred Martins, por exemplo, colabora na ótima “Amor” (Fred Martins, Marcelo Diniz), que ganha performance vocal e instrumental brilhantes, e “Amo Tanto”, também da dupla Fred e Marcelo Diniz. Fred também divide com Elisa a composição da bela faixa de encerramento “Antes de Dizer Adeus”, em que o compositor também participa cantando e tocando violão.

“Disseram”, talvez a melhor canção do álbum, preenche os nossos ouvidos com texturas que remetem diretamente às rádios FMs dos anos 1980. A faixa é uma composição da cantora Andrea Dutra, colega de Elisa Queirós no grupo Arranco. Há ainda canções de gente como Jorge Drexler, Celso Fonseca e Milton Nascimento.

Entre outros momentos marcantes, estão “Inútil Pensamento” (Rômulo Gomes, Elisa Queirós), faixa de pegada mais jazzística, e “Carcará” (Jorge Fandemole), faixa que emociona por trazer toda a turma do grupo Arranco de Varsóvia, em canção cantada em espanhol.

A união do talento de Elisa Queirós, com toda a dedicação de suas interpretações, somado ao envolvimento de muita gente talentosa, não poderia trazer um resultado diferente do que bons ventos, estes fazem deste álbum uma obra redonda, em que os ouvidos conseguem captar muito mais que a voz ou os instrumentos, mas sentimentos como amor, carinho e (muita) emoção.

Resenha Publicada em 26/10/2017





Esta resenha foi lida 633 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista


Outras Resenhas