Resenha do Cd Nuno Marques / Nuno Marques

NUNO MARQUES title=

NUNO MARQUES
NUNO MARQUES
2010


Por Anderson Nascimento

Com muitos anos de carreira, passando por várias bandas no Rio Grande do Sul e experimentando influências musicais que vão do Pop-Rock da geração BRock até o Reggae, o músico, cantor e compositor Nuno Marques, natural da cidade de Gramado, chega ao seu primeiro disco, revigorando o ritmo oriundo da Jamaica, que anda um pouco afastado do mainstream nacional, o reggae.

No caso de Nuno, porém, a aposta no ritmo que se tornou mundialmente famoso através de Bob Marley, vem junto com a malemolência pop criada pela banda carioca “Cidade Negra” principalmente durante os anos noventa.

E é essa mistura que dá ares mais populares e palatáveis ao som feito por Nuno. Em boa parte das canções do álbum, temos uma rápida aproximação com a proposta do cantor, fato que faz da audição de seu álbum um gostoso e prazeroso momento.

Já na primeira faixa do disco, “Fenômeno da Natureza”, essa proposta fica clara na canção que é recheada de swing, em
um potencial hit, em faixa agrada bastante. O mesmo ocorre na canção que vem na sequência, “Tão Linda”, uma das melhores canções do álbum, onde Nuno usa perfeitamente sua voz, que chega a lembrar a do antigo cantor do “Cidade Negra” Tony Garrido, em uma louvável demonstração de talento do cantor ao construir uma música tão verão, tão fácil de cantar e tão interessante.

Da mesma maneira a canção “Olhos Abertos” também é apropriada para entrar nas programações das rádios, e para ser hit, já que a levada gostosa da música junto com letra e refrão de fácil absorção formam uma canção de bom gosto e de muita criatividade. Em “É preciso ter”, Nuno faz uma balada com uma letra reflexiva e interessante, apresentando mais um grande momento no álbum. Ainda nessa linha, “Solidão”, é outra amostra dessa facilidade de Nuno Marques criar melodias e versos assoviáveis.

Nuno também mostra-se antenado ao universo Dance-Hall ao incluir “O amor desperta entre nós”, uma música apropriada para as baladas e pronta para entrar nas pistas de dança, e que inclusive deveria ser considerada a criação de um remix para tal fim.

Como compositor posso dizer que a tarefa de criar refrões marcantes não é das mais fáceis na produção de uma música, mas a facilidade de Nuno em criar canções das mais variadas com refrãos competentes, sem torná-los repetitivos ou cansativos, é uma qualidade que faz toda a diferença nesse álbum.

Com músicas ensolaradas e letras que falam de amor e conquistas, trazendo uma atmosfera jovem, Nuno apresenta um belo trabalho, que certamente vai conquistar muitos novos admiradores de sua música, e certamente vai deixar todos aqueles que ouvirem esse disco, à espera de seu sucessor.

Resenha Publicada em 13/06/2010





Esta resenha foi lida 974 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista

CDs


Outras Resenhas