Resenha do Cd Acústico Mtv / Ira!

ACÚSTICO MTV title=

ACÚSTICO MTV
IRA!
2004


Por Anderson Nascimento

Falar sobre um álbum acústico MTV nos dias de hoje acaba tornando-se uma tarefa redundante. Sempre leio bordões que falam que a fórmula já está esgotada e coisa e tal, mas acho que quando o trabalho é elaborado com carinho e dedicação pela banda, o resultado vale muito a pena, e esse é o caso do Acústico do IRA!

Sobre o IRA! mesmo, acho que não temos mais muito o que falar, a banda tá aí, firme e forte e vai muito bem obrigado. A sequência de êxitos data do maravilhoso disco "Isso é Amor" de 1999, na seqüência o álbum ao vivo de 2000 que comemorou os 20 anos da banda (também lançado pela marca MTV) e também primoroso disco de inéditas "Entre seus rins" do ano seguinte.

Quando peguei o álbum para ouvir levei logo de cara um susto. O álbum não conta com todos os sucessos do IRA! como é de praxe nos acústicos da vida. Logo, pensei que o álbum não seria tão vendido e badalado – me enganei bonito! O álbum é líder de vendas nas maiores lojas e sites especializados em cds,e além disso, vem sendo bastante executado nas rádios.

O segredo desse sucesso talvez tenha sido a inclusão de algumas inéditas que entrariam no próximo disco inédito da banda que já estava sendo gravado. Os convidados também foram bem escolhidos, "Pitty" representando a geração 2000, canta maravilhosamente a música "Eu quero sempre mais", Samuel Rosa (Skank), representando a geração 90, também berrenta em "Tarde Vazia" e por fim, os Paralamas fazem uma jam na música "Envelheço na Cidade" e representam dignamente os anos 80. As releituras de "lados b" também são um ponto forte do álbum, tem gente achando que "Girassol" é uma das inéditas do disco. Falando em lado b, "Rubro Zorro" ganhou uma versão raivosa. "Pra ficar comigo", cover do Clash, "Flerte Fatal" e "Por Amor", mesmo sendo inéditas, são destaques do projeto Acústico do IRA!

Chega ser um pouco engraçado ver uma banda acostumada com porradaria, como IRA!, sentada em banquinhos e comportados. Mas mesmo de forma acústica o IRA! é muito mais porrada que muita gente por aí. Falando em engraçado, o Nasi está a cara do seu ídolo Wolverine.

Resenha Publicada em 14/09/2004





Esta resenha foi lida 1906 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista

CDs


Outras Resenhas