Resenha do Cd En Castellano / Sergio Murillo

EN CASTELLANO title=

EN CASTELLANO
SERGIO MURILLO
1970

DISCOBERTAS
Por Anderson Nascimento

Em 1970, gozando de sucesso no exterior e morando no Peru, Sergio Murillo lançava o seu segundo CD no país, que até então continuava inédito no Brasil.

“En Catellano” traz uma sonoridade um pouco diferente de “El Muchacho de Oro Del Brasil” (1966), o outro disco relançado do cantor. Aqui Sergio explora mais as baladas, acompanhado por orquestra, emulando o som que estava sendo feito por intérpretes diversos no Brasil, muito embora em alguns momentos o Rock volta a reverberar, como é o caso de “Cadillac Espacial”.

No disco são muitos os destaques, entre eles, “Solitario y Vagabundo” e a interessante a versão de “Tenho”, sucesso no Brasil na voz de Sidney Magal.

Outro ponto interessante é o fato de o disco ser generosíssimo em relação às faixas bônus, são nada menos que onze faixas, incluindo algumas faixas em português, casos de "Tenho", "Tomando Café", "Falei e Disse", entre outras. Outra curiosidade é a versão em espanhol de "Mosca na Sopa", que marca a primeira vez que Raulzito ganhava uma regravação internacional.

Como é de praxe nos trabalhos lançados pela Discobertas, há a reprodução de capa e contracapa, além de informações valiosas sobre as canções, capas de singles e texto de Marcelo Fróes, diretor da gravadora.

Em outro ótimo trabalho de recuperação e reedição do Selo Discobertas, parte da lacuna na obra do cantor Sergio Murillo foi preenchida, o que ajuda a preservar a memória desse artista que morreu jovem, aos cinquenta anos, mas que foi constundamental na contrução do Rock nacional.


Resenha Publicada em 26/09/2012





Esta resenha foi lida 916 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista

CDs


Outras Resenhas