Resenha do Cd Espelho Meu / Bebeto

ESPELHO MEU title=

ESPELHO MEU
BEBETO
1999

DISCOBERTAS
Por Anderson Nascimento

Defendendo o seu sempre característico Samba-Rock, o cantor Bebeto lançou em 1999 pela gravadora Eldorado o álbum “Espelho Meu”, título que voltou às prateleiras somente em 2012 integrando uma leva de quatorze CDs que a gravadora carioca Discobertas lançou de uma só vez.

Sem acrescentar nenhuma novidade em sua obra, mas mantendo a dignidade de seu nome e sua história musical, o disco traz ótimas canções como “É Bom Viver Com Quem A Gente Ama” (Beto Correa, Almir Aranha), faixa que abre o álbum de forma bacana e promissora.

Ainda que o disco agrade de uma forma geral, é claro que o CD também traz canções pouco inspirada, casos de “Tá Na Cara” (Zeno Fernandes, Álvaro, Bebeto) e “Sopa No Mel” (Alussã, Renato Carvalho) que perceptivelmente pecam por trazerem refrões inóspitos.

Apesar de baladas como “Espelho Meu” (Bet Correa, Naval) e “Haja Coração” (Junior, Alamir) também representarem bons e ótimos momentos no álbum, o disco deslancha mesmo quando Bebeto parte para o suingue que sempre delimitou sua obra. E nessa linha estão canções como “Que Coisa Louca” (Alussã, Renato Carvalho), “Historinha” (Beto Correa, Peter Correa), ou ainda na didática “Meu Swing” (Bebeto, Jóia), que refletem exatamente o que os ouvintes procuram no som do Bebeto.

Posto novamente nas prateleiras das lojas após ficar dez anos longe delas, “Espelho Meu” é um disco divertido e gostoso de ouvir. Esse é o tipo de lançamento que enriquece a cultura dos apreciadores de álbuns, que querem muito mais que apenas canções ou hits, e sim conhecer a obra, que contextualiza um momento na carreira do artista.

Resenha Publicada em 01/02/2013





Esta resenha foi lida 1541 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista


Outras Resenhas