Resenha do Cd Quase Não Dói / Izmália

QUASE NÃO DÓI title=

QUASE NÃO DÓI
IZMÁLIA
2007

MUTANTE
Por Anderson Nascimento

Rock autoral, forte e relevante é o que você vai encontrar em “Quase Não Dói”, álbum que a cantora gaúcha Izmália e sua banda lançaram em 2007 pela MutanteDiscos.

O poder da faixa título, que também é encarregada de abrir o CD, é o combustível que o ouvinte de primeira viagem no trabalho da cantora recebe para embarcar no universo da banda nas outras nove faixas que completam o disco.

Com levadas bem particulares como é o caso da segunda faixa “Alguém Mais Importante”, Izmália conquista fácil, seja por sua voz rouca e cortante, seja por suas boas composições, ou ainda pelo instrumental poderoso defendido pela banda formada basicamente por Eddie Castellano (bateria), Sandro Castellano (baixo) e Marcelo Playker (guitarras).

Autora solo ou em parceria de todas as faixas do disco, Izmália conquista com interpretações históricas como em “Monogamia”, melhor faixa do disco, onde a cantora dá um show de competência e emoção, em faixa capaz de arrepiar até mesmo os cabelos mais escondidos de nosso corpo. Não à toa esse disco deu a cantora o Prêmio Açorianos de Melhor Vocal Pop/Rock em 2008.

Rock and Roll básico, ora mais forte, como em “Onde Se Esconde”, ora mais melancólico, como em “O Beijo Que Não Tem Saída”, “Quase Não Dói” é um daqueles discos que não só toca, mas te toca, e mostra como trinta minutos em nossa vida podem ser muito bem aproveitados.


Resenha Publicada em 19/04/2013





Esta resenha foi lida 1041 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista


DVDs


Outras Resenhas