Resenha do Cd Vanusa Vol.2 (1974-1979) / Vanusa

VANUSA VOL.2 (1974-1979) title=

VANUSA VOL.2 (1974-1979)
VANUSA
2015

DISCOBERTAS
Por Anderson Nascimento

O segundo dos dois boxes da cantora Vanusa lançados em agosto deste ano pela gravadora Discobertas, traz os quatro discos gravados pela cantora entre os anos de 1974 e 1979. Diferentemente dos álbuns contidos no box anterior, que passam pela Jovem Guarda, Psicodelia e Soul, os álbuns deste segundo box mostram em um primeiro momento a cantora expandindo os seus horizontes musicais e, logo depois, se firmando como um importante nome da MPB.

O disco que abre o box, “Vanusa” (1974), traz o sucesso “Sonhos de Um Palhaço” (Antônio Marcos, Sérgio Sá), faixa que conta com grande arranjo e estupenda interpretação da cantora. Assim como no álbum lançado no ano anterior, Vanusa também passa nesse disco por diversas vertentes da MPB, aqui com canções de temática afro, caso de “Alumiou” (Hermeto Pascoal), e nordestina “Súplica Cearense” (Gordurinha, Nelinho), que ganhou uma roupagem roqueira, em uma das melhores versões já gravadas da canção. Destacam-se “Você Depende” (Vanusa, Mario Campanha) e “Sombras de Veludo” (Antonio Marcos, Mario Marcos).

“Amigos Novos & Antigos” (1975) é o primeiro álbum da cantora a ganhar um título, já que os quatro anteriores traziam apenas o nome da cantora. Este disco, que finalmente ganhou uma versão em CD, traz o sucesso “Paralelas” (Belchior), e composições de vários nomes da MPB que estavam se destacando no mercado como Belchior, Luiz Melodia e Fagner, e outros já consagrados como Milton Nascimento, Fernando Brant, João Bosco, Aldir Blanc, além de composições própria Vanusa e de seu marido Antônio Marcos. O disco tem uma veia associada à MPB romântica, com canções como “Rotina” (Vanusa, Mario Campanha) e “Cinema Mudo” (Carlinhos Vergueiro), o suingue de canções como a ótima “Congênito” (Luiz Melodia) e a beleza indescritível de “Coração Americano” (Fagner, Antonio Marcos). O disco traz três faixas bônus tiradas de um compacto de 1976 e do LP “Felicidade” (1976) de Antônio Marcos.

“Vanusa 30 Anos” marca o trigésimo aniversário então completados pela cantora, seguindo a linha MPBística do álbum anterior. Não à toa, neste álbum estão canções de Caetano Veloso (“Duas Manhãs”), Zé Ramalho (“Avôhai”, em sua primeira versão), Belchior (“Brincando Com a Vida”), e Arnauld Rodrigues (“A Aranha”). O disco reserva bons momentos como as já citadas “Brincando Com a Vida” e “A Aranha”, além de "Lá no pé da serra" (Elpídeo dos Santos) e "Problemas" (Raul Seixas, Mauro Motta).

“Viva Vanusa” fecha o segundo box da coleção. O disco abre com a feminista “Mudanças” (Sérgio Sá, Vanusa), um dos maiores sucessos da cantora. Embora irregular e um tanto piegas, o disco possui alguns destaques como a melancólica “Preocupada Com Você” (Mauro Motta, Eduardo Ribeiro) e o drama cotidiano “Gaiola Dourada” (Sérgio Sá).

Todos os álbuns trazem a reprodução de suas capas, selos e compactos envolvidos no box. Mais uma vez o Selo Discobertas presta um ótimo trabalho para a música ao colocar estes álbuns de volta ao catálogo, reunidos em boxes para que se possam, pela primeira vez, serem avaliados em conjunto.

Resenha Publicada em 11/09/2015





Esta resenha foi lida 1196 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





LOJALOUCOSPORMUSICA - camisetas, miniaturas, chaveiros

Acesse: https://www.loucospormusica.com/

Outras Resenhas do Artista

CDs


Outras Resenhas