Resenha do Cd Voz & Violão - No Recreio Vol1 / Nando Reis

VOZ & VIOLÃO - NO RECREIO VOL1 title=

VOZ & VIOLÃO - NO RECREIO VOL1
NANDO REIS
2015

DECKDISC
Por Valdir Junior

Desde que saiu dos Titãs em 2001, Nando Reis vem construído uma discografia solo com afinco e vontade, discografia essa que reserva um lugar especial para os discos ao vivo. Nesses quinze anos de carreiro solo, Nando já lançou três discos ao vivo, todos eles são marcos representativo do “momentum” de sua carreira, definindo a importância das performances, tanto de Nando como de sua banda “Os Infernais” no palco, como a transmutação das musicas diante do público.

Agora, bem no final de 2015, Nando lança “Nando Reis – Voz & Violão – No Recreio Vol. 1”. Seu quarto disco ao vivo, lançado pelo seu novo selo, Relicário. Fugindo da formula fácil, Nando entrega um álbum ímpar, com músicas, em sua maioria “lado B” de seu repertório, assim como algumas músicas compostas em parceira e originalmente não gravadas por ele, além, é claro, do fato de ser um show inteiro no formato voz e violão para um público grande, coisa difícil de fazer.

Gravado em abril de 2015 no Citibank Hall, em São Paulo, “Nando Reis – Voz & Violão – No Recreio Vol. 1”, traz como seu grande trunfo, o jeito peculiar de Nando tocar o seu violão, resaltando seu timbre e dedilhado numa atmosfera que vai além do mero acompanhamento. Destaque também pela interpretação intimista e sincera de Nando, que nos deixa com a sensação que ele está ali, tocando só para nós na sala de casa.

Nas entrevistas de divulgação, Nando avisa que esse álbum inaugura, dentro de sua discografia, uma série de álbuns onde ele vai lançar gravações diversas, numa espécie de “The Bootleg Series” iguais as de Bob Dylan, Neil Young, algo praticamente inédito e corajoso, vindo de um artista brasileiro. Essa iniciativa, muito mais do que um simples caça-níquel de Nando, já que no Brasil como no mundo, onde o artista praticamente não ganha nada com a venda de CDs, demonstra uma vontade maior de perpetuar seu trabalho como um todo com esses lançamentos.

Apesar de constar no título do álbum, a música “No Recreio” não faz parte do CD, como já dito Nando deixa de lado alguns sucessos para jogar os holofotes em músicas não tão conhecidas e resaltar a importância delas dentro do seu trabalho. É o caso das faixas All Star”; “N”, “Dentro do Mesmo Time”; “Sei” e “Pra Você Guardei o Amor”, assim como as gravações de “Diariamente” e “Sutilmente” dois grande sucessos de Marisa Monte e Skank respectivamente, compostas em parceria com Nando.

Com um novo álbum de estúdio, quase pronto, que deve ser lançado no segundo semestre de 2016, e com uma agenda de shows intensa, Nando Reis, com esse álbum ao vivo, ressalta e sedimenta cada vez mais a sua importância dentro do pop rock brasileiro, com um trabalho coeso e cheio de energia. E que seu trabalho e iniciativa sirvam de modelo para que outros artistas façam o mesmo e invistam na construção de uma discografia apostando tanto no certo como no incerto, quem ganha com isso é a música e o público.

Resenha Publicada em 11/01/2016





Esta resenha foi lida 840 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





LOJALOUCOSPORMUSICA - camisetas, miniaturas, chaveiros

Acesse: https://www.loucospormusica.com/

Outras Resenhas do Artista

CDs


DVDs


Outras Resenhas