Resenha do Cd Call It What It Is / Ben Harper

CALL IT WHAT IT IS title=

CALL IT WHAT IT IS
BEN HARPER
2016

UNIVERSAL MUSIC
Por Valdir Junior

Com uma carreira musical com mais de vinte anos e um estilo de tocar violão e slide guitar só seu, Ben Harper já tem consolidado uma persona sonora fácil de identificar logo nos primeiros segundos de um música. Transitando pelas raízes da música americana e também pela world music, e sempre procurando ir além dos clichês do estilo, estudando o passado para escrever o presente e o futuro, Ben Harper a cada álbum que lança sempre coloca sua alma e o coração a cada nota tocada e cantada.

Lançando agora um novo álbum, “Call It What It Is”, junto do The Innocent Criminals, depois de sete anos e três discos tocando com o Relentless7 como banda de apoio, Ben Harper resgata uma sonoridade menos pesada que as dos discos anteriores e uma energia “mais para cima”. Muito disso é resultado da produção coletiva de todos os músicos no disco e também desse período em que Harper e os Innocent Criminal ficaram afastados uns dos outros em diferentes projetos, que inspiraram uma nova e boa vibração nas composições.

As letras, mais uma vez, são crônicas cruas e diretas do atual mundo que vivemos, onde violência, incompreensão, raiva, política, solidão são relatadas lado a lado a temas mais positivos como amor, gratidão, paz, compreensão, esperança e alegria, como em um jornal. Musicalmente, “Call It What It Is” traz os estilos básicos com que Ben Harper vem se expressando desde sempre; Rock, na meia Stoneana “When Sex Was Dirty” e em “Pink Balloon”; Reggae em “Finding Our Way” em “Shine”; Blues, na faixa título do álbum e em “All That Has Grown”.

O Folk e o Pop também estão bem representados no álbum em músicas como “Deeper And Deeper”, “Bones”, “Dance Like Fire” e a balada “Goodbye To You”; Harper também envereda um pouco para o flamenco na faixa “How Dark Is Gone”, uma das faixas mais contagiantes do disco. Uma coisa que é bom resaltar, é o extremo bom gosto dos arranjos, cada instrumento é muito bem usado, claro que como um disco de Ben Harper as atenções são para seu violão e guitarra, mas aqui não há excessos, os arranjos, como devem sempre ser, trabalham em pró da música.

A cada audição “Call It What It Is” cresce mais e mais, e essa nova leva de músicas estão entre as melhores de Ben Harper e o álbum como um dos grandes da sua discografia. Já divulgando o álbum em uma tour que começa pelos USA e vai rodar o mundo, podemos ver no Youtube algumas versões ao vivo das músicas do álbum e o quanto elas crescem diante do público. “Call It What It Is” é altamente recomendado para todo aquele que goste de boa música, tocada com sinceridade de alma, mente e coração.

Resenha Publicada em 11/04/2016





Esta resenha foi lida 1105 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista

CDs


Outras Resenhas