Resenha do Cd Here Are The Sonics / Sonics, The

HERE ARE THE SONICS title=

HERE ARE THE SONICS
SONICS, THE
1965

ETIQUETTE RECORDS
Por Fabio Cavalcanti

O punk rock surgiu na segunda metade dos anos 70. Certo? Errado! Então, surgiu no finalzinho dos anos 60, através do proto-punk de bandas como MC5 e The Stooges. Certo? Errado! Na verdade, a estrutura musical do punk rock foi utilizada primeiramente por bandas que, após o término de suas atividades, se tornaram "obscuras" na história do rock. O "pai" do punk, chamado de "rock de garagem", surgiu entre o início e metade dos anos 60, através de bandas como "The Kingsmen", "The Trashmen", "The Wailers" (não confundir com o grupo de Bob Marley), e... "The Sonics"!

Não há segredo quanto à sonoridade das já citadas bandas. O The Sonics, com seu álbum de estreia "Here Are The Sonics" (1965), foi escolhido como objeto desta resenha pelo simples fato de sintetizar toda a essência do tal "rock de garagem": produção simples e "suja", guitarras barulhentas, vocais berrados e bateria alta. Tais elementos certamente chocaram muita gente naquela época. E isso costuma ser um dos pontos mais interessantes de qualquer movimento do rock, não concorda?

Obviamente, como estamos falando de um estilo que nasceu "imperfeito", podemos notar em "Here Are the Sonics" o grande ponto fraco do rock de garagem: a grande quantidade de covers! Apenas nesse álbum, temos: "Do You Love Me" (The Contours), "Roll Over Beethoven" (Chuck Berry), "Dirty Robber" (The Wailers), "Have Love Will Travel" (Richard Berry), "Money (That's What I Want)" (Barrett Strong), "Walkin' the Dog" (Rufus Thomas), "Night Time is the Right Time" (Ray Charles), e "Good Golly Miss Molly" (Little Richard).

De fato, em seu debut, o The Sonics entrega apenas 4 composições próprias: "Boss Hoss", "Strychnine", e seus 2 hits "The Witch" e "Psycho". Felizmente, tais músicas se misturam muito bem com os covers, tornando bem agradável a experiência de escutar este álbum. Durante os 29 minutos de "Here Are the Sonics" (a versão em cd possui mais 4 faixas bônus), o ouvinte é levado a uma viagem energética e barulhenta (no bom sentido), que certamente o fará notar como essa simples banda influenciou tantos nomes consagrados do punk rock, rock alternativo, noise rock, ou mesmo do grunge!

E para quem deseja conhecer melhor este movimento que trouxe o The Sonics, sem ter que recorrer a álbuns de estúdio (visto que são muito difíceis de se encontrar, mesmo em mp3), recomendo a coletânea "Nuggets: Original Artyfacts from the First Psychedelic Era". Apesar desta seleção trazer também muitas bandas que se enquadram no rock psicodélico, todas possuem uma coisa em comum: o rock "sujo", descompromissado, e de qualidade!

Resenha Publicada em 26/06/2015





Esta resenha foi lida 788 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista


Outras Resenhas