Resenha do Cd This House Is Not For Sale / Bon Jovi

THIS HOUSE IS NOT FOR SALE title=

THIS HOUSE IS NOT FOR SALE
BON JOVI
2016

UNIVERSAL MUSIC
Por Johnny Paul Soares

Uma coisa é certa: não esperar por um disco novo do Bon Jovi que soe como a década de 80 e como o hard direto da década de 90. Calma... isso não significa que lançamentos como What About Now (2013), Burning Bridges (2015) e o agora no topo da Billboard 200 This House Is Not For Sale (2016) sejam descartáveis. A visão é de 360°, então vamos ao assunto.

This House Is Not For Sale é, a uma única audição, um bom trabalho. Vem embalado em um pacote cheio para os fãs que esperam por aquele refrão chiclete (que é uma característica da banda) presente em composições do calibre de Living With The Gost, a faixa-título e God Bless This Mess, por exemplo.

Jon Bon Jovi passou por um período difícil envolvendo sua vida pessoal e a saída do guitarrista Ritchie Sambora (Scars On This Guitar seria um desabafo? Não. É sobre a guitarra do vocalista). Essas coisas, com certeza, influenciaram o contexto do novo álbum, trazendo consigo canções mais reflexivas, emotivas e com poucos lados Up. Ele mesmo disse em entrevista: “As letras das músicas do novo álbum falam sobre dificuldades e este registro é sobre nossa integridade. A integridade é importante e estamos em um estágio da carreira onde não temos mais nada para provar”.

Se você procurar apreciar o disco, apague do seu sistema no momento da audição coisas como Slippery When Wet (1986), pois não há nada disso. Jon Bon Jovi também não canta como há 30 anos, mas está tudo no seu encaixe, já que This House Is Not For Sale mostra uma banda bem arrumada e com personalidade (Knockout ainda é aquele rock para embalar estádios).

Ainda assim, Jon Bon Jovi (vocais), Phil X (guitarra, backing vocais), David Bryan (teclado e backing vocais), Hugh McDonald (baixo e backing vocais) e Tico Torres (bateria) receberam análises críticas de que o disco é “mediano”, mas comparar Born Again Tomorrow (com muito mais computador) a alguma música do grupo belga de eurodance Lasgo é quase uma piada. De uma escala de 0 a 10, dou 7.

O álbum foi lançado em 4 de novembro, sendo que já estava pronto desde maio, de acordo com Jon, faltando apenas a mixagem. A faixa-título já beliscava algumas posições do topo desde agosto como single. Knockout, Labor of Love e Come On Up To Our House saíram no formato logo depois.

Eles não precisam provar mais nada para ninguém, claro. Mas This House Is Not For Sale prova que ainda há lenha por ali e, repetindo, se nos concentrarmos nessa fase e reconhecermos que os anos 80 e 90 foram outros quinhentos, tudo fica mais lúcido. Apesar de haver deslizes, mesmo que poucos, é um bom trabalho. O disco foi gravado no Avatar Studios, localizado em Manhattan, New York City. Foi produzido por Jon Bon Jovi e lançado pela Island.

Resenha Publicada em 22/11/2016





Esta resenha foi lida 1283 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista

CDs


Outras Resenhas