Resenha do Cd Desconectar / Drenna

DESCONECTAR title=

DESCONECTAR
DRENNA
2016

TOCA DISCOS
Por Anderson Nascimento

Formada no Rio de Janeiro em 2009 a banda Drenna acaba de lançar o seu segundo disco, intitulado “Desconectar”. O nome do álbum vem do conceito que envolve todo o disco, ou seja, as vicissitudes do mundo conectado.

O Rock que dá nome e abre o disco já joga a questão em pauta, apresentando uma guitarra guia que lembra a pegada Surf Rock e, sob uma espessa camada instrumental forte, a banda apresenta as suas armas.

O grupo traz o bom vocal feminino da cantora Drenna e chama a atenção pelas suas guitarras, que possuem um papel importantíssimo no trabalho da banda, criando uma identidade bastante particular para cada canção do disco, como prova a segunda faixa “Alívio”.

Essencialmente roqueiro, o novo disco da banda apresenta canções interessantes como “Anônimo”, canção de refrão marcante, “Andar Sozinho”, Rocks envenedados como “Entorpecer”, “Sabotagem” e “Odisseia”. Mas o grupo também se sai bem nas canções mais leves como em “Navego” e na semibalada “Hoje Somos Um Só”.

O disco foi gravado no lendário estúdio “Toca do Bandido” e traz a produção de Felipe Rodarte e direção artística de Constança Scofield. Além da cantora e guitarrista Drenna, o grupo agrega ainda em sua formação Junior Macedo na guitarra, Bruno Moraes no Baixo e Milton Carlos na bateria.

Instrumentalmente redondo, com boas letras e ótima interpretação da cantora, a banda Drenna demarca o seu lugar no Rock nacional com um disco maduro, forte e relevante

Resenha Publicada em 16/01/2017





Esta resenha foi lida 918 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista


Outras Resenhas