Resenha do Cd Luiz Eca Por Diogo Monzo / Diogo Monzo

LUIZ ECA POR DIOGO MONZO title=

LUIZ ECA POR DIOGO MONZO
DIOGO MONZO
2017

FINA FLOR
Por Anderson Nascimento

Nascido em 3 de abril de 1936, no estado do Rio de Janeiro, Luiz Eça foi pianista, compositor e arranjador, tendo iniciado a as carreira como pianista em casas noturnas, além de ter feito parte de conjuntos como o Trio Penumbra e o importante Tamba Trio, do qual também participavam Bebeto Castilho e Hélcio Milito.

25 anos após a sua morte, Luiz Eça acaba de ser homenageado pelo também pianista Diogo Monzo, com o seu mais recente lançamento “Luiz Eça Por Diogo Monzo”, onde presta um tributo a Luiz Eça a partir de 9 releituras de canções compostas pelo homenageado. Monzo também apresenta nesse disco a composição inédita “Eçaniando”, obviamente outra homenagem ao pianista.

Como afirma Diogo Monzo no encarte do CD, este trabalho é a realização de um grande sonho do músico, o que endossa o capricho no resultado final das canções e da bonita arte da capa e do encarte deste trabalho.

Entre os momentos especiais do álbum estão “Quase um Adeus”, faixa de quase dez minutos de duração; o clássico “The Dolphin”, gravada por Bill Evans em 1970; e a suingada “Melancolia”. A canção “Imagem” aparece em duas versões, a primeira conta com a participação da cantora Leila Pinheiro, fazendo da canção a única não instrumental do disco; e a segunda versão, totalmente instrumental, encerra magistralmente o trabalho.

Produzido pelo próprio Monzo, Fernando Quinderé e pelo baterista Di Stéffano, o disco foi lançado pela gravadora Fina Flor, e se encontra disponível para ser adquirido em versão física, ou para ser ouvido nas principais plataformas de streaming, como o Spotify.

Resenha Publicada em 03/10/2017





Esta resenha foi lida 75 vezes.



Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z



Saiba como anunciar no Galeria Musical

Outras Resenhas do Artista

CDs


Outras Resenhas