Resenha do Cd Felicidade Instantânea / Cpm 22

FELICIDADE INSTANTÂNEA title=

FELICIDADE INSTANTÂNEA
CPM 22
2005


Por Anderson Nascimento

O CPM 22 sempre foi uma banda muito simpática, os dois álbuns anteriores revelavam músicas de sucesso e previam que a banda teria ainda uma longa carreira de sucesso. Nada como um terceiro disco para corroborar o anunciado: “Felicidade Instantânea” é um grande álbum.

Um álbum que arremessa a banda em direção a um sucesso ainda maior que o já conquistado. As letras estão melhores e as melodias, marca tradicional da banda, estão ainda mais caprichadas. Um bom exemplo disso é o primeiro single do disco “Um minuto para o fim do mundo”, uma canção difícil até de comentar tal é a sua grandiosidade e apelo emocional e que, com a ajuda de um excelente vídeo-clipe, pode ser considerada como “a música” nacional de 2005.

É extremamente gratificante para quem acompanha música ver uma evolução tão legal como a do CPM22, a banda consegue melhorar alguns aspectos anteriormente criticados como as melodias das músicas do disco, que agora estão mais independentes uma das outras. É o caso também de “Irreversível”, segundo single, que é uma música melodicamente perfeita e bem diferente de qualquer outra melodia encontrada no álbum.

Fora os singles, o disco tem outros momentos incríveis como “Apostas e Certezas” que tem direito a até um coro da banda acompanhando a canção, “Contagem Regressiva” e a pesada “Park, Park”.

Talvez o único ponto negativo do álbum é a quantidade de músicas, dezesseis no total, um pouco longo, apesar de ter menos de cinqüenta minutos e as músicas terem em média três, como o gênero punk pede. Nesse sentido o próprio estilo “emocore” da banda torna, em certo momento, o disco um pouco cansativo.

Resenha Publicada em 16/01/2006





Esta resenha foi lida 944 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista

CDs


Outras Resenhas