Resenha do Cd 11 8 / Mario Fabre

11 8 title=

11 8
MARIO FABRE
2013

INDEPENDENTE
Por Anderson Nascimento

Baterista dos Titãs desde a saída de Charles Gavin em 2010, Mario Fabre também possui a sua carreira solo, que já conta com três álbuns - contando com “11 8” que acaba de ser lançado -, um DVD, e inúmeras participações em álbuns de outros artistas.

O disco tem a interessante característica de ter sido gravado ao vivo no estúdio, e destaca-se pela boa qualidade sonora e pela harmonia entre a banda, formada pelos músicos Eric Budney (baixo) e Zé Ruivo (órgão, piano e sintetizadores).

O disco traz nove canções em vinte e nove minutos de música instrumental com forte presença da bateria, cuja fórmula de compasso 11/8 batiza o disco que traz ecos de Rock (“Chupa Cabras”), Rock progressivo (“Pateta”) e pop (“ZR”).

Trata-se de um prato cheio pra quem é apreciador de música instrumental, quiçá do instrumento que dá vida a música fazendo com que ela pulse: a bateria.

Resenha Publicada em 30/07/2013





Esta resenha foi lida 1028 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista


Outras Resenhas