Resenha do Cd Before This World / James Taylor

BEFORE THIS WORLD  title=

BEFORE THIS WORLD
JAMES TAYLOR
2015

DECCA RECORDS
Por Anderson Nascimento

Sem lançar um álbum de inéditas desde “October Road” (2002), James Taylor chega ao fim do maior hiato de sua carreira, totalizando treze anos sem lançar um álbum com novas canções. Ao longo desse tempo, porém, Taylor não ficou parado, ele lançou o álbum de regravações “Covers” (2008), além de discos natalinos e trabalhos ao vivo, entre eles, o ótimo “Live at the Troubadour” (2010) com Carole King.

“Before This World” é o 17° álbum de estúdio do cantor americano e apresenta canções simples que não fogem do estilo tranquilo e minimalista do artista, ou seja, James Taylor pisa em terreno seguro e esse fato, por si só, certamente vai deixar os seus fãs e apreciadores de sua obra contentes.

"Today Today Today", a faixa de abertura é uma doce balada cotidiana de levada folk, enquanto a sequência com “You and I Again”, é uma canção romântica que vai te transportar diretamente para os anos 70. Apesar de o disco estar repleto de momentos ótimos, essas duas faixas iniciais já fazem valer esse o novo trabalho.

Entre as poucas faixas que se arriscam um pouco mais estão "Angels of Fenway", canção que agrega côros e overdubs, e traz à tona recordações remotas do cantor em uma homenagem ao time de baseball Boston Red Sox. O uso de backing vocals, aliás, é um artifício muito utilizado ao longo do disco, em canções como "Stretch of The Highway" e "Watchin' Over Me", por exemplo. Outra faixa que merece atenção é "Far Afghanistan", faixa-protesto que discursa sobre o país asiático.

Entre outras boas canções como “Montana” e “Watchin’ Over Me”, vale ressaltar também a homenagem feita por Taylor ao Canadá em "SnowTime", faixa que cita várias cidades do país, além de outras como Santiago de Cuba, Cartagena e até a nossa Belo Horizonte. O disco ainda traz uma singela, porém belíssima, participação do cantor Sting em "Before This World / Jolly Springtime".

É muito bom novamente poder ouvir James Taylor compondo e gravando novas canções, principalmente porque o cantor chegou a cogitar que não voltaria a escrever novas composições. Fica agora o desejo de que esse novo disco o leve a estender a pequena turnê de divulgação do disco, inicialmente programada para acontecer nos EUA entre julho e agosto, e que os seus shows possam passar pelo Brasil.

Resenha Publicada em 24/06/2015





Esta resenha foi lida 766 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista


Outras Resenhas