Resenha do Cd The Runaways / Runaways, The

THE RUNAWAYS title=

THE RUNAWAYS
RUNAWAYS, THE
1976

ISLAND
Por Fabio Cavalcanti

Quando o tão aguardado filme das Runaways chegou ao Brasil, algumas pessoas mal tinham ouvido falar dessa banda, mas pretendo tentar corrigir esta injustiça ao resenhar aqui o seu mais "famoso" álbum: o antointitulado debut "The Runaways", lançado em 1976, justamente no período em que o rock se encontrava numa encruzilhada, e alguém tinha que abrir caminho a seu modo.

Formada por cinco garotas - a maioria delas na faixa dos 16 anos de idade -, e tendo em seu front as marcantes Cherie Currie (vocal) e Joan Jett (guitarra), as Runaways mal sabiam o que as aguardava naquele distante cenário do rock dominado por homens. Na verdade, um dos melhores aspectos do álbum em questão é justamente a mistura de ingenuidade adolescente com uma larga dose de coragem e fome de música energética.

Quase literalmente "dando a cara a bater", as garotas berram e "soltam a mão", como se estivessem fazendo seu primeiro e último show de rock. Entre as pérolas que evidenciam tudo isso, temos os maravilhosos hards - quase metaleiros - de "Is It Day or Night?" e "Thunder", além do curioso e divertido épico pueril "Dead End Justice". Ainda falando em hard, destaque para o sensacional hino "Cherry Bomb", uma das músicas mais grudentas que você escutará em toda a sua vida!

A obra em questão ganha um sabor ainda mais especial pelo seu flerte com o rock and roll clássico, presente nas sacolejantes "You Drive Me Wild", "Rock & Roll" (claro...), "Blackmail", e em "Secrets" - uma faixa que seria um tanto fraca, se não fosse pelo seu arranjo bem sacado à la Rolling Stones. Preste atenção também nas alegres "Lovers" e "American Nights", as quais antecipam um pouco da new wave que estava prestes a surgir...

Hard rock? Punk? Rock and roll? É difícil definir ao certo o que essas garotas tocavam, embora tudo soe bastante familiar. Com letras tão simples quanto os objetivos adolescentes de levantar a voz e "quebrar tudo" em uma farra sem fim, as Runaways revolucionaram o rock, abrindo caminho para bandas como "The Donnas", "Lunachicks", "Betty Blowtorch", e tantas outras. Se você ainda não conferiu, não sabe o que está perdendo...

Dica extra: confira também o filme, em alto e bom som!

Resenha Publicada em 17/08/2015





Esta resenha foi lida 766 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista


Outras Resenhas