Resenha do Cd Little Dark Age / Mgmt

LITTLE DARK AGE title=

LITTLE DARK AGE
MGMT
2018

COLUMBIA
Por Anderson Nascimento

Quarto álbum do duo americano MGMT, “Little Dark Age” apresenta um misto do que a banda produziu em seus 16 anos em atividade. Assim, o álbum traz eletrônica, new wave, psicodelia, soft-rock e o tempero característico de Andrew VanWyngarden e Ben Goldwasser.

Apesar de bastante diferente, incluindo metais, inclusive, a faixa de abertura “She Work Out Too Much” sugere que a banda vai trilhar um caminho bem distinto, mas na sequência, quando a ótima faixa título começa a tocar, temos de volta o som característico da banda, calcando suas texturas em “Oracular Spectacular” (2007), primeiro álbum da dupla.

O disco passa por momentos sensacionais, como no caso da dobradinha composta pela esquizofrênica “When You Die” e “Me and Michael”, essa última bem The Smiths, diga-se de passagem.

“James” é outra canção que leva a banda à mares nunca antes navegados pelo grupo. Há algo bastante retrô na canção, cantada com voz aveludada, quase no sob uma camada instrumental deliciosa. Isso ocorre em outros momentos como na baladinha “Hand It Over”, faixa que encerra o disco em clima de viagem.

Ao fim da audição temos a ótima constatação de que o grupo continua fazendo boas músicas, porém sempre se saindo melhor quando resolve seguir uma linha mais tradicional, dentro do nada tradicional padrão da banda.

Resenha Publicada em 14/02/2018





Esta resenha foi lida 288 vezes.



Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z



LOJALOUCOSPORMUSICA - camisetas, miniaturas, chaveiros

Acesse: https://www.loucospormusica.com/

Outras Resenhas do Artista

CDs


Outras Resenhas