Resenha do Cd Doisdobando / Doisdobando

DOISDOBANDO title=

DOISDOBANDO
DOISDOBANDO
2015

INDEPENDENTE
Por Valdir Junior

Atualmente se quisermos escutar, algo realmente novo, devemos cada vez mais procurar entre os músicos e bandas independentes aquilo que a grande maioria dos artistas consagrados e acomodados deixaram de fazer. Com o advento das redes sociais, o trabalho de divulgação dos independentes ficou um pouco menos difícil, já que no boca-a-boca virtual, um bom trabalho acaba, de um jeito ou outro, chegando aos nossos ouvidos.

Esse é o caso do duo “DoisdoBando”, formado pelos compositores e intérpretes João Wash e Silvio Cavalcanti, que acabam de lançar um EP homônimo com cinco faixas. Apostando que o menos é mais, o duo traz uma produção impecável privilegiando em cada música, melodias, a poesia das letras e os arranjos que na sua simplicidade, acabam destacando com genialidade as matizes sonoras e de cada música. A banda de estúdio que acompanha o duo não deixa por menos e entregam uma perfomance impecável que contribuem e muito para o resultado final das músicas.

Nas quatro principais faixas do EP, o ouvinte é cativado da primeira à última nota de cada canção, descobrindo, aqui e ali, sons que refletem as influências do DoisdoBando e que são revigorados pelo duo numa linguagem mais moderna. A música “Os Maconheiros da Casa Amarela” é a faixa que tem a melodia mais grudenta do EP, essa por sinal é a faixa de trabalho do trabalho. Ela lembra um pouco o som do pernambucano e conterrâneo do duo, Lenine, e tem uma ótima guitarra blueseira que faz o contraponto perfeito com os efeitos e a batida da música.

Falando em blues, a faixa “Quando o Sol Diz Sim” derrama poesia nos doze compassos de um blues que fala tanto da felicidade e da tristeza. A sonoridade da música, que volta como bônus track com letra em inglês no final, remete bem ao som dos discos do saudoso Celso Blues Boy. A ótima “Língua Solta” em primeiro momento lembra os Titãs da fase “Õ Blésq Blom”, mas ao mesmo tempo tem uma coisa nova, que só pode ser a cara do DoisdoBando e nos instiga a ouvi-la mais de uma vez seguida.

A deliciosa bossa pop de “Doido São” é a típica faixa que se entrasse na trilha de alguma novela global, e se as rádios não fossem tão jabaculentas, faria um sucesso enorme e com certeza tem todo potencial para isso. A faixa bônus “When The Sun Says Yes” traz a mesma faixa musical da versão em português e vale mais como curiosidade, já que a faixa original por si só se sustenta na letra.

O saldo final do EP, que pode ser encontrado nas principais plataformas on line e também em versão física direto com a banda, é altamente positivo, e nos deixa querendo mais. Ficamos na espera que esse seja um cartão de visita para um álbum inteiro de canções do DoisdoBando, pois aqui eles já mostram que dão uma aula de como fazer música boa, de forma simples e inteligente.

Resenha Publicada em 19/11/2015





Esta resenha foi lida 818 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista


Outras Resenhas