Resenha do Cd Cheguei E Vou Dar Trabalho / Moreira Da Silva

CHEGUEI E VOU DAR TRABALHO  title=

CHEGUEI E VOU DAR TRABALHO
MOREIRA DA SILVA
1986

TOP TAPE
Por Anderson Nascimento

De gravadora nova, Moreira da Silva volta ao disco com “Cheguei e Vou Dar Trabalho”, lançado pela Top Tape em 1986.

Como já era de praxe nos seus últimos discos, Moreira regrava alguns de seus velhos sucessos como “Amigo Urso” (Henrique Gonçalves), “O Rei do Gatilho” (Miguel Gustavo) e “Acertei no Milhar” (Wilson Batista, Geraldo Pereira), e acrescenta outras canções ao seu repertório.

O álbum é também uma boa oportunidade de ouvir o Kid Morengueira interpretando clássicos como “A Volta do Boêmio” (Adelino Moreira), “Último Desejo” (Noel Rosa), que ganhou uma grande interpretação por parte de Moreira, “As Rosa Não Falam” (Cartola) e “Jura de Cabloca” (Cândido das Neves). Nessa altura, Moreira já estava com 84 anos e, ainda gozando de boa voz, conservava o estilo malandro em suas gravações.

Produzido por Ney Marques, o disco contou com participações especiais de artistas como Wilson das Neves, Mestre Marçal e Braguinha, e foi um dos últimos álbuns do artista, já que os seus próximos lançamentos tiveram natureza quase que essencialmente revisionistas.

Em 2012 o Selo carioca Discobertas lançou a primeira reedição do álbum em CD, e hoje é um item raro de ser encontrado nas lojas.

Resenha Publicada em 28/12/2015





Esta resenha foi lida 1058 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista

CDs


Outras Resenhas