Resenha do Cd Stephen Stills / Stephen Stills

STEPHEN STILLS title=

STEPHEN STILLS
STEPHEN STILLS
1970

ATLANTIC RECORDS
Por Anderson Nascimento

Desde os anos 60 o músico Stephen Stills vem costurando uma vistosa carreira a partir de trabalhos com as bandas Buffalo Springfield e a superbanda Crosby, Stills, Nash & Young, mas o ano de 1970 foi especial. Stills vinha de dois grandes álbuns com o seu então supergrupo, o primeiro, “Crosby, Stills & Nash”, lançado em 1969, e o segundo, “Déjà Vu”, lançado em março de 1970, tornando-se imediatamente um grande sucesso.

Após a expressiva vendagem de oito milhões de cópias do segundo álbum do CSNY, cada membro da banda se dedicou a gravar um álbum solo, todos muito bem sucedidos. Mesmo já somando quase dez anos de carreira, esta seria a primeira aventura em carreira solo do artista, e ela seria inesquecível.

Lançado em novembro, “Stephen Stills” traz um misto de sonoridades encantadoras e envolventes. Logo na abertura, o disco apresenta “Love The One You’re With”, faixa que se tornaria o maior sucesso de toda a carreira individual do artista. A canção mistura Folk com coro Gospel, produzindo um resultado fascinante. Este tipo de canção também foi usado em outros momentos do disco, como na belíssima “Church (Part Of Someone)”, e em “Sit Yourself Down”, faixa que foi o outro sucesso do disco. O disco também explora outras levadas como o Folk-cru de “Do For The Others”, o Blues acústico arrastado de “Black Queen” e o Soul de “To a Flame”.

Fora tudo isso, o disco detém o honroso feito de ser o único da história a contar com dois dos maiores guitarristas de todos os tempos em um mesmo álbum: Eric Clapton e Jimi Hendrix. Eric Clapton toca em “Go Back Home”, um Rock grandioso, repleto de riffs e texturas que vão do Blues ao Acid-Rock. Já Hendrix, toca na absurdamente eletrizante “Old Times Good Times”. Lamentavelmente Hendrix morreria um mês após o lançamento do álbum.

Além dos citados deuses da guitarra, o disco ainda agrega outros grandes nomes ao longo dos seus 38 minutos. O Beatle Ringo Starr toca sob o codinome de “Richie” na já citada “To a Flame” e na balada “We Are Not Helpless”; nos backing vocals, bastante utilizados ao longo do álbum, estão gente como David Crosby, John Sebastian, Mama Cass e Graham Nash.

Como não poderia deixar de ser, o álbum foi o terceiro sucesso consecutivo de um projeto do Stephen Stills, faturando o disco de ouro. O artista não gozaria novamente de tamanho sucesso em carreira solo, mas ainda desfrutaria de uma bela trajetória ao longo dos anos 1970 com suas bandas Manassas e CSNY (com suas respectivas variações), além de outros álbuns solo.

Resenha Publicada em 22/12/2016





Esta resenha foi lida 582 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





LOJALOUCOSPORMUSICA - camisetas, miniaturas, chaveiros

Acesse: https://www.loucospormusica.com/

Outras Resenhas do Artista


Outras Resenhas