New Document

Galeria Musical

Ego Kill Talent / Ego Kill Talent / Resenha de Álbum

    EGO KILL TALENTEGO KILL TALENT
    INDEPENDENTE
    2017
    Por Anderson Nascimento

    opinião dos leitores: 4.00 de um total de 1 votos




    Formada a partir dos experientes músicos Theo van der Loo, Niper Boaventura, Jonathan Correa , Raphael Miranda e Jean Dolabella, que passaram por bandas como Diesel / Udora, Sepultura e Reação em Cadeia, o grupo paulista foi formado em 2014, tendo como interessante característica a alternância de instrumentos entre os músicos, e o fato de escreverem todas as canções juntos, o que ajuda a confeccionar uma identidade única para o grupo.

    O som da banda pode ser descrito como um Rock pesado e moderno, embora seja fácil reconhecer várias das influências do grupo, como o Rock feito no início da década passada e, principalmente, Foo Fighters.

    “Just To Call You Mine” abre muito bem o disco destilando essa vibe, com uma pegada que flerta explicitamente com o som de Dave Grohl e sua turma. A sequência traz a excelente “Last Ride”, faixa repleta de texturas que nos remetem a, por exemplo, Soundgarden, caracterizando-se como uma das melhores faixas deste trabalho de estreia. Completa a incrível tríade inicial a canção “Still Here”, pedrada violenta que deixa o ouvinte sem fôlego.

    O autointitulado álbum chega após o lançamento dos EPs “Sublimated” (2015) e “Still Here” (2016) que foram apresentando a banda aos poucos e na medida certa. Assim, seis canções já eram conhecidas do público.

    Vale destacar outras ótimas canções do álbum como “Sublimated”, “Same Old History” - a única balada do disco -, e “Try (There Will Be Blood)”, Rock pesado que encerra o disco de maneira sublime.

    Com o repertório gravado todo em (bom) inglês, o grupo coroa o barulho que vem fazendo desde a sua estreia com um belíssimo trabalho, digno de um grupo com músicos experientes, comprometidos com a renovação do Rock, e pronto para romper as nossas fronteiras.

    Resenha publicada em 24/01/2017






    Esta resenha foi lida 105 vezes.



Classifique o álbum!




BUSCA POR ARTISTAS

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

BUSCA INTERNA

ANUNCIANTES









New Document