Resenha do Cd Live North America 2016 / Gary Clark Jr

LIVE NORTH AMERICA 2016 title=

LIVE NORTH AMERICA 2016
GARY CLARK JR
2017

WARNER MUSIC
Por Valdir Junior

Cada vez mais se destacando como um dos grandes guitarristas da atualidade, Gary Clarck Jr, vem a cada novo álbum de estúdio mostrando a evolução de um trabalho moderno, que olha sempre em frente e que continua respeitando suas raízes musicais. Os discos “Blak and Blu” de 2012 e “The Story of Sonny Boy Slim” de 2015 já são considerados pérolas modernas do blues com as influências de soul, R&B, Hip Hop, gospel e rock and roll com que Gary dedilha nota a nota em suas músicas.

Agora, para registrar a tour do álbum “The Story of Sonny Boy Slim”, Gary lança o disco ao vivo, “Live North America 2016”, que como o próprio nome diz, registra os melhores momentos da parte americana da tour daquele ano. A banda de apoio de Gary é a mesma dos discos anteriores, King Zapata (Guitarra), Johnny Bradley (Baixo), Johnny Radelat (Bateria), músicos excelentes, que brilham tanto quanto o próprio Gary na hora de fazer toda a base para que Gary fique à vontade para levar sua guitarra e seu canto à primazia.

No entanto, “Live North America 2016”, sofre do mesmo mal que, “Live”, o disco anterior ao vivo de Gary lançado em 2014, ou seja, a falta de sujeira e crueza dos grandes discos ao vivo dos velhos tempos, apesar de constar a informação que não foi gravado nenhum overdub nas gravações, nota-se ainda uma boa “limpada” no som geral do CD. Mas sendo justo, esse “preciosismo” chega a ser esquecido quando nossa atenção se volta para as performances de Gary nas doze faixas do CD.

Mais da metade do CD traz músicas do álbum “The Story of Sonny Boy Slim”, um versões onde Gary e os músicos tomam mais liberdade para esticarem um pouco as músicas em breves “jams”, destaque para “Grinder”,” The Healing” e “Shake”, a outra metade do CD traz os petardos sonoros “When My Train Pulls In” e “Numb” do disco “Blak and Blu” e as músicas “Honest I Do” de Jimmy Reed e “My Baby's Gone” de Elmore James, onde Gary paga o seu tributo aos velhos mestres do blues esmerilhando sua guitarra com pentatônicas e bends de nos tirar o fôlego.

Um dos bons lançamentos deste ano, “Live North America 2016”, consegue cumprir o seu propósito, registrar o momento musical de Gary diante seu público, com interpretações sinceras e dedicadas, ao mesmo tempo em que prepara o caminho para uma nova jornada musical de Gary Clarck Jr que encontraremos num próximo álbum. Escute e aprecie este disco sem moderação.

Resenha Publicada em 09/05/2017





Esta resenha foi lida 118 vezes.



Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z



Saiba como anunciar no Galeria Musical

Outras Resenhas do Artista

CDs


Outras Resenhas