Resenha do Cd Zé Ramalho Canta Jackson Do Pandeiro / Zé Ramalho

ZÉ RAMALHO CANTA JACKSON DO PANDEIRO title=

ZÉ RAMALHO CANTA JACKSON DO PANDEIRO
ZÉ RAMALHO
2010


Por Anderson Nascimento

O novo projeto especial do cantor paraibano Zé Ramalho, dá sequencia a outros três CDs onde Zé homenageou Raul Seixas, Bob Dylan e Luiz Gonzaga. As homenagens justificam-se por trazerem as canções de artistas que influenciaram a formação musical e a carreira de Zé Ramalho nas vertentes Rock, Folk, Baião e Forró.

Para dar forma a esse álbum, lançado pelo selo Discobertas, Zé Ramalho uniu quatro novas gravações realizadas em março de 2010 a gravações espalhadas pelos seus discos, além de duas gravações inéditas em disco, feitas em 2005: “Forró de Surubim” e “Forró da Gafieira”. Dessa maneira, esse projeto configura-se em um valioso item para qualquer fã e colecionador de Zé Ramalho, bem como para aqueles que querem conhecer a obra de Jackson do Pandeiro e, por tabela, a rica produção musical nordestina.

Das gravações recentes, “Lamento Cego”, abre o pacote e o disco, e a interpretação de Zé é de emocionar, a dramática letra consegue suporte nos vocais do cantor, já fomentando a audição do restante do álbum.

E o álbum faz bonito, reunindo interpretações de canções capazes de animar qualquer festa, ou o estado de espírito de qualquer um. Se duvidar disso, escute “Casaca de Couro”, “O Canto da Ema” ou a didática “Quadro Negro”, e entre no clima.

A extensa discografia do homenageado e a forte influência de sua música ao longo de toda a carreira de Zé Ramalho, possibilitam que sejam pinçadas gravações de várias épocas, como o caso da gravação de “O Canto da Ema”, feita nos anos noventa, com a participação de Sivuca. Ou ainda o Medley (também feito nos 90s) que conta com “Sebastiana”, um dos maiores sucessos de Jackson, “Um a Um” e “Chiclete com Banana”, que volta no mesmo disco em uma gravação de 2002, junto com Waldonys no acordeom e voz. Nesse time também vale citar “Ele Disse”, canção gravada em 2000 com um time de primeira que inclui Arthur Maia e Robertinho do Recife.

“Quadro Negro”, “Cabeça Feita” e “Lá Vai a Boiada”, encerram o disco completando as gravações realizadas em março de 2010. Em tom de compilação e homenagem, “Zé Ramalho Canta Jackson do Pandeiro” é um importante registro que consegue fundir canções que fazem parte da vasta obra de Jackson com interpretações bem arranjadas e cuidadosamente produzidas do mestre Zé Ramalho.

Jackson do Pandeiro, nascido José Gomes Filho, e falecido em 1982 aos sessenta e dois anos, conhecido como “Rei do Ritmo”, foi cantor, compositor e músico, e passou por diversos gêneros musicais como, além de outros, Forró, Samba, Baião, Xote, Xaxado, Coco e Frevo.

Resenha Publicada em 14/06/2010





Esta resenha foi lida 1079 vezes.




Busca por Artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z





Outras Resenhas do Artista

CDs


Livros


Outras Resenhas